Qual o impacto do desmatamento para a agricultura?

 

Do Greenpeace

 

O desmatamento é ruim para o meio ambiente e para o clima. Também é péssimo para a biodiversidade, além de liberar gases do efeito estufa na atmosfera. Isso tudo nós já sabemos.

Mas a ciência está agora cada vez mais certa de que o desmatamento também é um péssimo negócio para a agricultura. Ele provoca o aumento das temperaturas e interfere nos sistemas de chuvas, tornando o clima mais seco.

Câmara dos Deputados celebra Ano Internacional da Agricultura Familiar

 

Da Página do MST

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2014 como o Ano Internacional da Agricultura Familiar Camponesa e Indígena. 

Em razão disso, a Câmara dos Deputados no Distrito Federal promoverá uma série de eventos especiais que reconhecem à importância dessa atividade nas áreas de produção sustentável de alimentos, segurança alimentar e a erradicação da pobreza. 

A forma como você se alimenta é um ato político, afirma pesquisadora


Por Mariana Melo
Da CartaCapital

Por que é bom consumir orgânicos? Dos adeptos dos alimentos “naturebas” produzidos sem agrotóxicos ou outros insumos considerados agressivos ao meio ambiente, a resposta vem de forma imediata: porque é melhor para a saúde. Mas, segundo a nutricionista Elaine de Azevedo, pesquisadora do Centro de Ciências Humanas e Naturais da Universidade Federal do Espírito Santo, essa resposta pode ser muito reducionista para demonstrar todo impacto que o consumo orgânico pode ter à sociedade.

A agricultura camponesa e ecológica pode alimentar o mundo?

 

Por Esther Vivas
Do  Publico.es*

Calcula-se que a população mundial, em 2050, chegará aos 9,6 bilhões de habitantes, segundo um relatório das Nações Unidas. O que significa 2,4 bilhões a mais de bocas para alimentar. Diante destes números, existe um discurso oficial que afirma que para dar de comer para tantas pessoas é imprescindível produzir mais. No entanto, é necessário nos perguntarmos: Hoje, falta comida? Cultiva-se o bastante para toda a humanidade?