Educação MST

A Educação é uma das áreas prioritárias de atuação do MST, que desde a sua origem desenvolveu processos educativos e incluiu como prioridade a luta pela universalização do direito à escola pública de qualidade social, da infância à universidade. Entendendo que o acesso e permanência é fundamental para inserir toda a base social na construção de um novo projeto do campo e pelas transformações socialistas. 

Nesse sentido, o MST busca construir coletivamente um conjunto de práticas educativas na direção de um projeto social emancipatório, protagonizado pelos trabalhadores e trabalhadoras. A construção de uma escola ligada à vida das pessoas, que torne o trabalho socialmente produtivo, a luta social, a organização coletiva, a cultura e a história como matrizes organizadoras do ambiente educativo escolar, com a participação da comunidade e auto-organização dos educandos e educandas, e dos educadores e educadoras.

+ de 2 mil

escolas públicas construídas em acampamentos e assentamentos

200 mil

crianças, adolescentes, jovens e adultos com acesso à educação garantida

50 mil

adultos alfabetizados

2 mil

estudantes em cursos técnicos e superiores

+ de 100

cursos de graduação em parceria com universidades públicas por todo o país

Escolas Itinerantes

A Escola Itinerante foi criada no âmbito do Movimento Sem Terra, para garantir o direito à educação das crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de itinerância, enquanto estão acampados, lutando pela desapropriação das terras improdutivas e implantação do assentamento.

É uma escola que está voltada para toda a população acampada, o barraco da escola itinerante, é construído antes do barraco de moradia e tem também a função de se converter em um centro de encontros de toda comunidade acampada.

Últimas notícias sobre educação:

Haddad visita Assentamento Pirituba em São Paulo

O ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, em visita ao sudoeste paulista no dia 24 de Setembro, esteve nas diversas agrovilas do Assentamento Pirituba, onde conheceu as experiências das escolas Terezinha De Moura e Franco Montoro, deu entrevista na Rádio Camponesa e participou da colheita de trigo e do plantio de feijão orgânico na Sede Regional do MST. A visita terminou com uma plenária da que participaram organizações, lideranças e militância da região.

Pedagogia do oprimido nos Movimentos Populares

Em comemoração aos 100 anos de nascimento do educador do povo Paulo Freire, confira a importância do pensador para o MST

Jovens do MST inauguram rede de bibliotecas populares em homenagem a Paulo Freire em Alagoas

Iniciativa é uma ação concreta da Juventude Sem Terra nos territórios para fortalecer a literatura em todas as suas dimensões

5 livros para ler e entender o legado de Paulo Freire

Para celebrar o Centenário do pensador, confira 5 obras disponíveis na Livraria Expressão Popular que abrangem o legado de Freire

Curso de educação em Direitos Humanos e acesso à terra no Rio Grande do Norte

Entidades denunciam “calote à educação premiado” em proposta do Senado

Campanha Nacional pelo Direito à Educação assina manifestação com organizações contra a PEC 13/2021 que desresponsabiliza o Estado de repassar valores para manutenção e desenvolvimento da educação

Rádios do MST no CE reforçam importância da comunicação popular

Com base no pensamento freireano, a Rádio Comunitária 25 de Maio, do assentamento do MST em Madalena, garante vínculo entre educadores e educandos de Escola do Campo durante a pandemia