Educação MST

A Educação é uma das áreas prioritárias de atuação do MST, que desde a sua origem desenvolveu processos educativos e incluiu como prioridade a luta pela universalização do direito à escola pública de qualidade social, da infância à universidade. Entendendo que o acesso e permanência é fundamental para inserir toda a base social na construção de um novo projeto do campo e pelas transformações socialistas. 

Nesse sentido, o MST busca construir coletivamente um conjunto de práticas educativas na direção de um projeto social emancipatório, protagonizado pelos trabalhadores e trabalhadoras. A construção de uma escola ligada à vida das pessoas, que torne o trabalho socialmente produtivo, a luta social, a organização coletiva, a cultura e a história como matrizes organizadoras do ambiente educativo escolar, com a participação da comunidade e auto-organização dos educandos e educandas, e dos educadores e educadoras.

+ de 2 mil

escolas públicas construídas em acampamentos e assentamentos

200 mil

crianças, adolescentes, jovens e adultos com acesso à educação garantida

50 mil

adultos alfabetizados

2 mil

estudantes em cursos técnicos e superiores

+ de 100

cursos de graduação em parceria com universidades públicas por todo o país

Escolas Itinerantes

A Escola Itinerante foi criada no âmbito do Movimento Sem Terra, para garantir o direito à educação das crianças, adolescentes, jovens e adultos em situação de itinerância, enquanto estão acampados, lutando pela desapropriação das terras improdutivas e implantação do assentamento.

É uma escola que está voltada para toda a população acampada, o barraco da escola itinerante, é construído antes do barraco de moradia e tem também a função de se converter em um centro de encontros de toda comunidade acampada.

Últimas notícias sobre educação:

Em MG, cursos abordam agroecologia como construção da Reforma Agrária Popular

Curso Técnico com ênfase em Agroecologia e Curso de Gestão em Empreendimentos Sociais, conquistas para região do Vale Rio Doce

Escola do MST no Paraná é selecionada em premiação nacional

A Escola do Campo Cândida Oliveira Luz se tornou finalista entre os 10 melhores projetos de inovações pedagógicas do todo Brasil

4 livros para entender o legado de Carlos Nelson Coutinho

Nestes 10 anos da morte do autor, relembre legado de um dos maiores especialistas sobre Gramsci

Crianças Sem Terrinha visitam a exposição “Histórias Brasileiras”, no Museu de Arte de São Paulo (MASP)

Após lançamento, com a participação do MST, exposição segue disponível para visitação até o dia 30 de outubro

Campanha de Alfabetização do MST na Zâmbia busca alfabetizar 10 mil camponeses/as

Nesta quinta-feira (8), Dia Mundial da Alfabetização, conheça a experiência da Campanha de Alfabetização e Agroecologia Fred M’membe no país, que já alfabetizou 2 mil zambianos/as

Jovem Sem Terra é aprovada em primeiro lugar em Faculdade Federal

Que a universidade se pinte de povo, que seja diversa, inclusiva, gratuita e de qualidade