Página do MST completa 10 anos

Em 27 de setembro de 1996, o MST colocou no ar sua página na internet com o objetivo denunciar a violência contra os Sem Terra. Nesse mesmo ano, 19 trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados no mês de abril no episódio que ficou conhecido como Massacre de Eldorado dos Carajás (PA). Dez anos depois, o portal […]

Em 27 de setembro de 1996, o MST colocou no ar sua página na internet com o objetivo denunciar a violência contra os Sem Terra. Nesse mesmo ano, 19 trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados no mês de abril no episódio que ficou conhecido como Massacre de Eldorado dos Carajás (PA).

Dez anos depois, o portal foi totalmente remodelado para software livre. O uso da tecnologia livre de taxas e royalties é uma das bandeiras do Movimento, que instalou o software livre em seus mais de 30 telecentros.

Entre as novidades está a loja virtual para os visitantes comprarem os produtos do MST e apoiarem a causa da Reforma Agrária. Os internautas poderão também indicar para amigas e amigos as matérias da página.

Desde 2003, quando começou a contagem, foram realizadas mais de 1,6 milhão de visitas. A média de acessos diários é 3000.