No Ceará, Jornada de Luta também defende a democratização da comunicação

Segundo o militante do MST, “essa tema deve ser discutido por todos os sujeitos e não somente pelos profissionais”.

IMG-20171018-WA0035.jpg

 

Por Aline Oliveira
Da Página do MST

 

Na noite desta quarta-feira(18), aconteceu o ato político pela Democratização da Comunicação, organizado por MST, Consulta Popular, Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce), Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, interagindo com a Jornada Nacional de Lutas de Outubro. O ato aconteceu na sede do Incra, em Fortaleza.

A atividade faz parte da Semana pela Democratização da Comunicação, que está sendo realizada em vários estados brasileiros, entre 17 e 21. Dia 18 de outubro é o dia mundial de luta pela democratização da comunicação.

IMG-20171018-WA0037.jpg

Na ocasião, o debate foi sobre o papel da comunicação no atual contexto político e os desafios da comunicação popular. Participaram da mesa Samira de Castro, presidenta do Sindicato dos Jornalistas, Camila Garcia, militante da Consulta Popular e do Brasil de Fato Ceará, Rafael Mesquita, coordenador do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação no Ceará, e Pedro Neto, da Direção Nacional do MST.

“Assim como o MST luta contra o monopólio da terra, nós profissionais da comunicação encontramos nos grandes veículos de comunicação um enfrentamento cotidiano. Esse ato marca a denúncia na violação dos direitos a liberdade de expressão no Brasil”, afirmou Samira de Castro.

Para Pedro Neto, “a democratização da comunicação é algo que deve ser feita pelo povo, e para o povo, e deve estar vinculada com todos os setores sociais”. Segundo o militante do MST, “essa tema deve ser discutido por todos os sujeitos e não somente pelos profissionais”.

Desde segunda feira, o MST está em jornada de luta em defesa da Reforma Agrária Popular, contra os retrocessos na reforma da previdência rural, contra o corte no orçamento da Reforma Agrária, e pela soberania alimentar.

 

IMG-20171018-WA0036.jpg

 

*Editado por Rafael Soriano