MST lamenta a perda da jovem Marciana no interior de Alagoas

Graduada em Cuba e trabalhando no programa ‘Mais Médicos’, Marciana era antes de tudo uma grande militante

Da Página do MST

O MST recebe com tristeza a notícia do falecimento da jovem Marciana Serafim da Silva dos Santos de 29 anos, integrante do Coletivo de Médicos Ernesto Che Guevara.

No último domingo (22), Marciana sofreu um grave acidente na rodovia AL-200 e veio a falecer devido à gravidade de seus ferimentos na tarde desta quarta-feira (1).

No ano de 2014, graduou-se em medicina após sete anos de estudos em Cuba. Marciana era antes de tudo militante do MST, contribuía com o setor de saúde e estava sempre alegre e disposta a ajudar os que necessitavam de seus cuidados. 

O MST solidariza-se com a dor dos familiares e amigos de Marciana e mantém firme sua disposição de construir políticas públicas que garantam a permanência e o acesso dos jovens à terra, à educação e à liberdade.