Documentário mostra experiência de escola de formação na Venezuela

Produção “Semillas, sueños y contradicciones. La otra vida de Apolonio de Carvalho en Venezuela” está disponível pela TV Terra

Dá Pagina do MST

O documentário “Semillas, sueños y contradicciones. La otra vida de Apolonio de Carvalho en Venezuela” apresenta a experiência da Escola da Formação Internacionalista “A Namuna”, instalada em “la commune el Maizal”, na Venezuela.

A produção, lançada este ano, foi realizada por Yarumi Gonzalez, com montagem de Miguel Escalona, em parceria entre a TV Terra da República Bolivariana da Venezuela.

A Escola “A Namuna” funciona em parceria com a Brigada Internacionalista Apolônio de Carvalho, do MST, que há 13 anos desenvolve um trabalho de solidariedade na Venezuela, auxiliando na formação das organizações populares.

Conforme a formadora integral da escola, Yirley Rodriguez, o nome da escola, “A Namuna” significa semear. Trata-se de um nome indígena, que possui a intensão de trabalhar a importância da descolonização.

A escola é organizada por várias organizações sociais e oferece cursos para atender à necessidade de formação de militantes das organizações populares da Venezuela. Os principais temas concentram-se na organização revolucionária, feminismo popular e formação de formadores. O método de formação se baseia na educação popular, trabalhando a educação no contexto do povo e mantendo o educando em interação com a realidade que vive.

Desse modo, a escola parte do contexto das pessoas, não desloca os alunos de sua realidade, “mas os estimula a vivenciá-los coletivamente, para que as contradições sejam visualizadas, problematizadas e o aluno busque através da organização social resolver as contradição, superá-las e construir relações sociais e produção socialistas e feministas”, explica Yirley.

A TV Terra responsável pelo lançamento do documentário, surge em julho de 2018 e se firma como um canal de televisão diferente. Seu conteúdo é produzido pelos próprios camponeses que se encontram em processos de luta na Venezuela. O canal também funciona como uma escola dos movimentos sociais venezuelanos.

Apolônio de Carvalho e a luta internacionalista

Apolônio de Carvalho foi um lutador e intelectual brasileiro que dedicou sua vida à classe trabalhadora, contribuindo para com a transformação social. Atuou em frente de lutas na Guerra Civil Espanhola e na resistência francesa contra o nazismo na segunda Guerra Mundial.

No Brasil, durante a ditadura militar combateu a repressão, foi perseguido, viveu na clandestinidade, foi preso e exilado. No final da década de 1970, com a promulgação da Lei da Anistia, volta ao Brasil e foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT).

Apolônio de Carvalho faleceu em 2005, mesmo ano em que o MST iniciou uma parceria com o Governo da Venezuela por meio da Brigada Internacionalista Apolônio de Carvalho, em homenagem ao lutador, que vem desenvolvendo um trabalho de formação e produção junto aos camponeses e organizações populares do país.

Acompanhe o documentário!