Apresentação

A luta em defesa da terra, do direito à moradia e contra a fome ocupam a centralidade da Jornada Nacional de Lutas em Defesa da Reforma Agrária este ano.

Com o lema “Reforma Agrária Popular: Por Terra, Teto e Pão”, o MST realizará ações em todo o país. Estão previstas, entre os dias 4 e 17 de abril, atividades de solidariedade, doação de alimentos, plantio de árvores e a denúncia contra o modelo de produção do agronegócio. Além disso, o Movimento prevê a realização de acampamentos pedagógicos com a Juventude Sem Terra, com o objetivo de construir processos de formação e debates em torno da conjuntura. 

A Jornada deste ano denuncia também os 26 anos do massacre de Eldorado do Carajás, onde 21 trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra foram brutalmente assassinados. Acompanhe!

OUÇA


17 de abril de 1996, Eldorado do Carajás, Pará. Duas tropas da Polícia Militar do Pará descarregam revólveres, metralhadoras e fuzis contra 1.500 famílias de trabalhadores rurais Sem Terra que marchavam para Belém com o objetivo de reivindicar a desapropriação de terras para Reforma Agrária. O resultado da operação é o Massacre de Eldorados dos Carajás: 19 Sem Terra barbaramente assassinados no local e 2 morreram logo em seguida por conta dos ferimentos.

A melhor homenagem que se pode fazer a um/a lutador/a é seguir lutando. Por isso, a Via Campesina Internacional instituiu o 17 de abril como o Dia Internacional da Luta Camponesa. No Brasil, o decreto assinado pelo então presidente da República, FHC, tornou a data Dia Nacional de Luta pela Reforma Agrária. E para nós, do MST, abril é mês de nossa Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária.

Em homenagem a todos/as os/as que tombaram na legítima luta pela terra nesses mais de 500 anos de concentração e espoliação, convidamos você para participar de nossa luta, que é também uma luta de toda a sociedade.


Podcast


Vídeos

Paulo Teixeira, Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar

Paulo Teixeira, Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar

Ministro Silvio Almeida na noite da literatura na Coordenação Nacional do MST

Ministro Silvio Almeida na noite da literatura na Coordenação Nacional do MST

Baobá, Árvore Ancestral

Baobá, Árvore Ancestral

Relembre a participação do MST na festa da democracia!

Relembre a participação do MST na festa da democracia!

“Lula tem mecanismos para tirar o Brasil do mapa da fome novamente”, afirma dirigente do MST

“Lula tem mecanismos para tirar o Brasil do mapa da fome novamente”, afirma dirigente do MST

“Esperamos nos encontrar nas novas trincheiras que se abrem”

“Esperamos nos encontrar nas novas trincheiras que se abrem”


Fotos


Últimas notícias

MST retoma ocupações de terra durante Jornada Nacional de Lutas de abril

“Por Terra, Teto e Pão”, Sem Terra de todo país se mobilizaram na Jornada Nacional de Lutas em Defesa da Reforma Agrária Popular com marchas, protestos, audiências, ocupações e solidariedade

“Estamos mais vivos que nunca”: depois de jornada nacional, MST prepara novas ações em maio

Para coordenadores, as cerca de 60 ações do “abril vermelho” marcam o retorno da Reforma Agrária Popular

Iº Acampamento Pedagógico da Juventude Sem Terra em Roraima lança carta aberta em defesa da vida

Documento é voltado ao poder público de Roraima e a toda sociedade, com demandas da juventude por transformação para a vida dos povos do campo e das florestas do Norte do país

PRF invade Acampamento da Juventude Sem Terra em Roraima

Invasão arbitrária da polícia teve intuito de intimidar e desmobilizar a juventude presente na atividade, que faz parte da Jornada Nacional de Lutas de Abril

MST ocupa latifúndios no RN e no CE no marco dos 26 anos do Massacre de Eldorado do Carajás

Ações nos municípios de Rio do Fogo e Ipueiras integram a jornada nacional de lutas do abril vermelho

“Carajás não foi fato isolado, foi um marco para continuidade de outros massacres”, diz Ripper

O fotógrafo João Roberto Ripper documentou o Massacre de Eldorado do Carajás, um dos marcos da violência no campo

+ NOTÍCIAS


Para baixar