Em Minas Gerais, MST cultiva a luta popular há 25 anos

Da Página do MST

O MST em Minas Gerais surgiu no dia 12 de fevereiro de 1988, com a ocupação feita por 400 famílias na fazenda Aruega, município de Novo Cruzeiro na região do Jequitinhonha. Hoje o movimento conta com cinco mil famílias no estado, sendo duas mil já foram assentadas em 42 áreas conquistadas.

Fátima Ribeiro: “Todo processo foi feito com muita convicção na utopia de ver a terra livre”

Por Iris Pacheco

Neste depoimento, Fátima Ribeiro, militante do MST e presente no 2° Congresso Nacional do MST, em 1990, relata a conjuntura em que estava inserida a luta pela terra e como isso influnciou as proposições tirada pelo Movimento para o período que se seguia.

Fátima relembra que para os trabalhadores rurais “esse foi um período marcado por muita repressão. O Estado estava determinado a acabar com o MST”.

Reforma Agrária popular, por terra e soberania alimentar

 

Miguel Stedile

Estamos nos aproximando da realização do nosso 6º Congresso Nacional, que acontece no início de 2014. Será um momento de encontro da militância, de celebração das nossas conquistas, mas principalmente de projetar as linhas políticas que irão organizar e dirigir o nosso Movimento pelos próximos anos.