Acampados denunciam ao ouvidor agrário quadro de violência em Uberaba

 

Da Página do MST

As 80 famílias acampadas em Uberaba, no Triângulo Mineiro, fizeram uma marcha até a praça Rui Barbosa, no centro da cidade, na semana passada, para denunciar a truculência da Polícia Militar durante uma ação de despejo.

Depois do ato, foi encaminhada uma carta para o ouvidor agrário nacional e presidente da comissão nacional de combate à violência no campo, desembargador Gercino José da Silva Filho, para cobrar proteção das famílias acampadas e punição aos policiais envolvidos na ação.