MST monta acampamento com 2 mil pessoas no Fórum de Belo Horizonte

 
Da Página do MST

O MST montará um acampamento com 2.000 Sem Terra em frente ao Fórum de Belo Horizonte, na tarde desta terça-feira (14), para acompanhar o julgamento do latifundiário Adriano Chafik, réu confesso do Massacre de Felisburgo.
 
O júri popular do mandante e executor do massacre, que deixou cinco Sem Terra mortos e vinte feridos em 20 de novembro de 2004, começa na quarta-feira (15).
 

Julgamento de Felisburgo será acompanhado pela SDH


Da SDH

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), recebeu em audiência, nesta quarta-feira (19), o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Mario Guedes de Guedes.

Guedes e Rosário discutiram o caso que ficou conhecido como Chacina de Felisburgo, ocorrido em novembro de 2004, quando cinco trabalhadores rurais foram mortos. O julgamento está previsto para o início do próximo ano.

Leia mais:

Organizações e entidades se mobilizam em apoio a condenação de Chafik

Da Página do MST

Organizações, coletivos, entidades e sindicatos que apóiam as causas populares se mobilizaram e elaboraram um Manifesto em apoio ao MST, à Reforma Agrária e pela condenação de Adriano Chafik, mandante do Massacre de Felisburgo.

Abaixo, leia o manifesto de solidariedade:

Manifesto em defasa da Reforma Agrária e pela punição de Afriano Chafik, mandante  do Massacre de Felisburgo – MG