Mais um trabalhador rural assentado é assassinado no Pará


Por Evandro Corrêa
Em O Globo

A Polícia Civil do Pará investiga a execução à queima-roupa do lavrador Enival Soares Matias, de 41 anos. Os agentes consideram duas possíveis motivações para o crime: o incômodo de fazendeiros e agricultores com a atuação de Matias junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) ou desavenças particulares da vítima com um morador do assentamento PDS Esperança, onde vivia. Um suspeito foi identificado pela polícia, mas ainda não foi localizado.

Agente das CEBs Raimundo Alves Borges “Cabeça” é executado a tiros no Maranhão

Comissão Pastoral da Terra – Maranhão

 

Raimundo Alves Borges, o “Cabeça”, liderança camponesa e presidente do assentamento Terra Bela, em Buriticupu, Maranhão, foi executado a tiros por pistoleiros, no sábado, 14, nas imediações de sua casa, por volta das 18 horas, no momento em que se dirigia para a sua residência. Sua morte tem relação direta com conflitos de terra no assentamento.

Três acusados pela morte de Sem Terra são presos em Belém


Por João Marcio
Da Página do MST

A Polícia Militar prendeu três homens acusados de envolvimento no assassinato do trabalhadores Sem Terra José Valmeristo Soares, o “Caribé”, que atuava no MST, na tarde de terça-feira, em Belém (PA).

Entre os presos, está Marcos Bengstson, filho do fazendeiro e ex- deputado federal Josué Bengstson (PTB-PA), que é acusado de ser o mandante do assassinato.