Mulheres da Via Campesina ocupam estação de água e fecham BR na PB


Por Marcos Lima
Da Página do MST


Durante as comemorações do Dia 8 de Março, mais 500 pessoas, a maioria mulheres Sem Terra, ocuparam a estação de águas do Perímetro Irrigado das Várzeas de Sousa (Pivas), no sertão do estado da Paraíba, há 400 km da capital João Pessoa.

Por Marcos Lima
Da Página do MST


Durante as comemorações do Dia 8 de Março, mais 500 pessoas, a maioria mulheres Sem Terra, ocuparam a estação de águas do Perímetro Irrigado das Várzeas de Sousa (Pivas), no sertão do estado da Paraíba, há 400 km da capital João Pessoa.

O projeto de irrigação capta água dos açudes Coremas e Mãe d’água, distribuindo em mais de 4.390 hectares entre os municípios de Sousa e Aparecida. A ocupação por parte das mulheres é pra denunciar o avanço do agronegócio na região e o enorme  utilização de água para as plantações de monocultivo.

Inclusive, uma das denuncias dessa mobilização apontar o desvio de água é feito por propriedades particulares, dentre elas, a do próprio prefeito do município de Sousa, Fábio Tyrone Braga de Oliveira, como relatado numa edição Jornal Brasil de Fato neste ano.

Trancamento de rodovia

No município de Condado, também no sertão paraibano, as mulheres da Via Campesina fecharam a BR 230, que liga o sertão ao resto do estado. Com lema Mulheres Sem Terra na luta contra o capital e pela a soberania dos povos, as mulheres do MST da
Paraíba abriram a jornada de luta 2013. 

A Jornada Nacional de Luta das Mulheres Sem Terra 2013 tem como objetivo denunciar o capital estrangeiro na agricultura por meio das empresas transnacionais e chamar a atenção da sociedade do modelo destrutivo do agronegócio para o meio ambiente e ameaça à soberania alimentar do país e a vida da população brasileira, afetando de forma direta a realidade das mulheres.

“A jornada também se coloca como desafio a divulgação e a construção de formas de viver e produzir que contribuam para a soberania alimentar do país e a preservação da biodiversidade”, ressalta um trecho do ofício encaminhado para o governador do estado, Ricardo Coutinho (PSB).