Nota de pesar do companheiro de luta Padre Nelito Dornelas

O Movimento Sem Terra presta sua homenagem a Pe. Nelito e sua luta por Reforma Agrária

Por Comunicação MST-MG 
Da Página do MST


É com muita dor que recebemos a notícia de que perdemos, nessa quarta-feira (3) de fevereiro, o padre Nelito Nonato Dornelas, vítima da Covid-19. Integrante do clero da diocese de Governador Valadares (MG), Padre Nelito foi um companheiro incansável na luta por justiça social. Dedicou sua vida às lutas sociais juntos aos grupos marginalizados e empobrecidos pelas estruturas de poder, marcam historicamente a sociedade brasileira. Cumpre salientar que o grande parceiro do MST Padre Nelito, defendeu, de forma brilhante, a luta por Reforma Agrária, com muita garra, coragem, determinação e senso de justiça. Cristão de personalidade, nunca ficou em cima do muro e sempre fez questão de se posicionar em favor da vida. 

“Quando chegamos em Aruega, ele estava lá, com uma sanfona, com Valdomiro, cantando para nos alegrar. Sua presença no assentamento Primeiro de Junho não acorria, no entanto, apenas nos momentos de celebração. O Padre Nelito estava conosco, principalmente, nos momentos de luta e de tensão. Ele era, acima de tudo, um imitador de cristo. Sua solidariedade aos condenados da terra era fundamental nos momentos de resistência. Seja celebrando missas no campo, seja mostrando, na cidade, o valor do povo e da luta do MST. Padre Nelito sempre se colocou em favor dos grupos historicamente esquecido e silenciados”, lembra Marlene, militante do MST.

O Movimento Sem Terra presta sua solidariedade e condolências a amigos e familiares.

Pe. Nelito, presente!