CNBB condena violência contra os Guarani-Kaiowá no MS


Do Boletim da CNBB

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou, na tarde desta quarta-feira, 22, uma nota pedindo a demarcação  das terras do povo Guarani-Kaiowá, no Mato Grosso do Sul. A CNBB repudiou a violência que os indígenas têm sofrido, especialmente nas comunidades Y’poí, no município de Paranhos, e Ita’y Ka’aguyrusu, em Douradina.

Secretário geral da CNBB visita índios Guarani no MS

Do Cimi

Nos dias 19 e 20 de março, o secretário Geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, acompanhou o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) em visita às comunidades Guarani Kaiowá na região de Dourados, no Mato Grosso do Sul. Dom Dimas conheceu de perto a realidade das comunidades de Laranjeira Ñanderu, Pasu Piraju e Guyraroká.

Campanha da Fraternidade critica modelo econômico e lucro

Da Radioagência NP

Foi lançada, nesta quarta-feira (17/2), a tradicional Campanha da Fraternidade. Com o tema “Economia e Vida” e o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”, a campanha deste ano critica os modelos econômicos voltados especialmente ao lucro. Também pretende mobilizar as igrejas e a sociedade com o objetivo de construir alternativas que promovam uma economia que respeite a pessoa e o meio ambiente. No Rio Grande do Sul, o lançamento ocorreu na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Porto Alegre.