Congresso da CLOC começa com marcha em Quito


Da Comunicação Congresso da CLOC

Com um sol radiante e no meio de uma grande festa de cores, mais de mil delegadas e delegados da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações do Campo (CLOC) e da Via Campesina tomaram as principais ruas e avenidas da cidade de Quito, gritando a consígnia “Contra o Capital e o Império, Pela Terra e a Soberania de Nossos Povos, América Luta!”.

Assembleia de Jovens da CLOC começa no Equador


Da Comunicação Congresso da CLOC

Com uma mística que reuniu representantes de todas as regiões da América, teve início a III Assembleia de Jovens da CLOC, na Universidade Central de Quito, Equador. Após esse primeiro momento, foram chamados os coodenadores do dia para as atividades desse evento.

Luis Andrango, presidente da Federação Nacional de Organizações Camponesas, Indígenas e Afrodescendentes do Equador, FENOCIN, saudou a todos e todas, em nome das organizações equatorianas.

Assembleia de jovens da CLOC busca articulação continental


Da Comunicação Congresso da CLOC

De diversos países já começam a chegar delegados e delegadas jovens para a III Assembleia de Jovens que se realizará em 8 e 9 de outubro em Quito, no Equador, no marco do V Congresso da Coordenadoria Latino-americana de Organizações do Campo – CLOC.

O trabalho de organização para a III Assembleia Latinoamericana da Juventude da CLOC-VC vem sendo realizado há mais de um ano em diferentes instância,s tanto nacionais, regionais, quanto continentais.

Juventude da CLOC repudia tentativa de golpe no Equador


Da Comunicação Congresso da CLOC

Jovens integrantes de diversas organizações da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações do Campo (CLOC), manifestaram suas reflexões e demandas no programa de televisão “Defendendo a Pachamama”, produzido pela Federação Nacional de Organizações Camponesas, Indígenas e Negras, (FENOCIN), do Equador.

No programa, foram entrevistados Omar Delgado, dirigente da Coordenadoria Nacional Camponesa (CNC), Delia Guaman, dirigente da FENOCIN, ambos do Equador e a dirigente da Associação de Trabalhadores do Campo (ATC), Zayra Ticay, da Nicarágua.