Movimentos repudiam cancelamento da 2ª Conferência Nacional de Educação

Da Página do MST

Entre os dias 17 a 21 de fevereiro estava marcado para acontecer a 2ª Conferência Nacional de Educação (CONAE), um espaço plural e democrático onde diversas organizações sociais se reúnem e constroem propostas basilares para o Sistema Nacional de Educação.

Entretanto, o Ministério da Educação decidiu unilateralmente cancelar tal atividade. Confira a nota de repúdio do MST: 

Nota Pública pela democratização da comunicação já tem apoio de 90 entidades

Pelo menos 90 entidades de vários segmentos da sociedade civil assinaram a nota pública do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação até esta sexta-feira, dia 1. Além das entidades, o manifesto recebeu também 43 assinaturas individuais. Ambas as formas de apoio podem ser realizadas por meio de manifestações de apoio encaminhadas ao endereço secretaria@fndc.org.br. O documento apoia o direito à comunicação à todos e rechaça a postura do governo em não colocar em debate a democratização da comunicação no país.

Escola do MST tem a melhor nota no Enem em Abelardo Luz

[img_assist|nid=10821|title=|desc=|link=none|align=left|width=640|height=373]Por Ernesto Puhl
Do Jornal Sem Terra

Na Escola Semente da Conquista, localizada no assentamento 25 de Maio, em Santa Catarina, estudam 112 filhos de assentados, de 14 a 21 anos. A escola é dirigida por militantes do MST e professores
indicados pelos próprios assentados do município de Abelardo Luz, cidade com o maior número de famílias assentadas no estado. São 1418 famílias, morando em 23 assentamentos.

Curso de violão em SC resgata identidade camponesa de jovens assentados

A Associação Cultural Terra Livre promove um curso de violão com 40 crianças e jovens dos assentamentos de Abelardo Luz, em Santa Catarina. O curso acontece na Rádio Comunitária Terra Livre, no Assentamento 25 de Maio, uma vez por semana e em três momentos – manhã, tarde e noite.

O curso tem os seguintes objetivos: proporcionar às crianças e jovens a oportunidade de conhecer a diversidade musical brasileira; ensinar a tocar o instrumento, cantar e interpretar o conteúdo das músicas.

TV Educativa do Paraná discute cotas nas universidades

Nesta sexta-feira (12/3), às 22h10, a TV Educativa do Paraná exibe mais uma edição do Programa Projeto Popular. O debate desta semana discute a constitucionalidade de reserva de vagas para negros nas universidades.

Participam do debate Marcilene Garcia de Souza (socióloga e doutoranda sobre ações afirmativas) e Antônio Leandro da Silva Filho (advogado especialista em Direitos Humanos).

O debate é realizado em razão da audiência pública promovida pelo Supremo Tribunal Federal, ocorrida entre os dias 3 e 5 de março, para reflexão e debate da sociedade sobre as ações afirmativas.