Monsanto tentou patentear tomates fraudando a lei de patentes

 

Do Observatório Sul-americano de Patentes*

A transacional Monsanto recorreu à fraude para tentar obter os direitos a um tomate que contem resistência natural a uma doença transmitida por fungos, chamada botrytis. O tomate não é modificado geneticamente, mas a Monsanto tentou manipular documentos para fazer acreditar que teria sido “inventado” pelo setor agroquímico, quando o verdadeiro criador foi a mãe natureza.

EUA pressionam governos estrangeiros para que utilizem sementes da Monsanto


Do Gramna

Os telegramas diplomáticos dos Estados Unidos publicados pelo WikiLeaks, revelaram que o Departamento de Estado tem protegido durante anos os interesses da Monsanto e de outras empresas de biotecnologia.

O grupo de proteção do consumidor Food & Water Watch publicou, nesta quarta-feira,
um informe baseado nos telegramas vazados, que mostram como o governo federal norte americano colabora com algumas polêmicas empresas do campo da biotecnologia, que fabricam produtos transgênicos no mercado global.

Por que a Monsanto é tão detestada?

Do DW

“Queremos apenas um rótulo”, gritam os manifestantes que marcham em direção à Casa Branca. “Oitenta por cento dos alimentos num supermercado são produzidos com ingredientes geneticamente modificados. Mas essa informação não consta [nas embalagens]“, reclama Megan Westgate, chefe do projeto NONGMO e uma das organizadoras da manifestação em Washington.

Nos Estados Unidos, alimentos produzidos a partir de “organismos geneticamente modificados” – GMO, na sigla em inglês – não precisam trazer essa informação na embalagem.

STJ derrota Monsanto e nega extensão de patente de soja transgênica

 

Da Página do STJ

 

O ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta quinta-feira (21) recurso especial da Monsanto Technology LLC, que pretendia ampliar a vigência da patente de soja transgênica. Seguindo jurisprudência consolidada pela Segunda Seção, o ministro entendeu que a patente vigorou até 31 de agosto de 2010.

Movimento Ocupa Monsanto realiza manifestações contra a transnacional

Por Natasha Pitts
Da Adital

No próximo dia 17, o movimento ‘Ocupa Monsanto’ realizará em várias partes do mundo um grande protesto contra a maior produtora de transgênicos, a empresa estadunidense Monsanto, e o uso de produtos e organismos geneticamente modificados (OGM). A intenção é fazer com que a transnacional dos transgênicos recolha seus produtos das prateleiras e os levem de volta para os laboratórios, de modo que eles não cheguem até as pessoas para contaminá-las e prejudicá-las.

Justiça Federal condena Monsanto por propaganda enganosa e abusiva


Do Última Instância

A 4ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) condenou a empresa Monsanto do Brasil a pagar indenização de R$ 500 mil por danos morais causados aos consumidores ao veicular, em 2004, propaganda em que relacionava o uso de semente de soja transgênica e de herbicida à base de glifosato usado no seu plantio como benéficos à conservação do meio ambiente. Ainda cabe recurso contra a decisão.

Entidade convoca Ação Global contra Monsanto

 

Por Maria Mello

A Associação dos Consumidores de Orgânicos dos Estados Unidos divulgou convocatória em que conclama organizações do mundo para protestar contra o poder corporativo da Monsanto, nos dias 16 e 17 de março.

A entidade sugere que os manifestantes protestem nas “portas do mal”, como os organizadores chamam a sede da empresa, as instalações de pesquisa e os escritórios  espalhados pelo Globo.

A verdade científica da indústria dos transgênicos

Da AS-PTA

Já é antiga a polêmica em torno da segurança do hormônio transgênico de crescimento bovino (rbBGH ou rbST, nas siglas mais usadas em inglês), injetado em vacas para aumentar a produção de leite.

O produto foi desenvolvido pela Monsanto e é proibido na maioria dos países, mas livremente utilizado nos EUA e no Brasil, sem que o leite e os derivados informem isto nos rótulos. Em agosto de 2008 a Elanco, uma divisão da empresa farmacêutica Eli Lilly, comprou da Monsanto a marca (nos EUA o hormônio é vendido sob o nome Posilac) e os direitos sobre o produto.

Rapidez da CTNBio surpreende até empresas

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou na última semana a liberação comercial de uma levedura transgênica que permite a produção de diesel usando a cana-de-açúcar. É a primeira vez que um transgênico desse tipo é aprovado pela comissão.