“Pedimos, de uma vez por todas, para decretar a nossa dizimação total”

 

Do Racismo Ambiental

A comunidade Guarani-Kaiowá residente em Iguatemi, no Mato Grosso do Sul, ao saber da decissão da Justiça Federal em expulsá-los da terra onde vivem, enviaram uma carta à “Justiça” brasileira, na qual dizem que não acreditam mais no estado, que é também um agente de violência, e pedem para a Justiça tomar uma última decisão: “Assim, é para decretar a nossa morte coletiva Guarani e Kaiowá de Pyelito Kue/Mbarakay e para enterrar-nos todos aqui.”

 

Leia a carta na íntegra: