Rapper Emicida ganha prêmio e faz show na MTV com bandeira do MST

Da Página do MST

O rapper Emicida subiu ao palco do VMB 2012, o prêmio promovido pela MTV aos melhores artistas do ano, para receber o prêmio de melhor música do ano e fazer uma apresentação com a bandeira do MST.

Emicida, que disputou cinco prêmios, venceu na categoria melhor música com “Dedo na ferida”, composta depois da reintegração de posse que expulsou 1600 famílias da comunidade do Pinheirinho, em São José dos Campos, no começo do ano.

Mais mensagens de congratulação ao MST


Veja mensagens enviadas ao MST com congratulações pela homenagem recebida com a Ordem do Mérito Legislativo, da Câmara dos Deputados, na semana passada.

Valeu! Você merece e muito nos orgulha! O MST é motivo de orgulho para os verdadeiros brasileiros, que realmente amam essa terra! Com muita amizade desejamos a você e aos seus, sempre mais força e esperança. Abraços,
Leonardo Boff, escritor, teólogo e filosofo.
Marcia Miranda

Meu amigo Stedile, parabéns!!!!!! E viva a raiva que você provocou na bancada ruralista! Grande abraço.

Mudança social só com trabalho, luta e estudo, diz Anita

Do Blog Brasil Educom

A historiadora e professora universitária Anita Prestes participou na última quinta do debate “A Experiência de Formação da Escola Nacional Florestan Fernandes”, no campus da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro).

O evento foi uma oportunidade para divulgar o projeto da escola localizada em Guararema (SP), uma conquista dos movimentos sociais, em especial o MST, que já se
aproxima do 6º aniversário e refletir sobre a importância de formar quadros para promover a mudança do atual modelo político-econômico.

“Ficamos impressionados com a ação popular do MST”


Da Página do MST

O Grupo de Trabalho de Movimentos Sociais e de Movimentos de Base da Rede de Direitos Humanos Econômicos, Sociais e Culturais (Rede-Desc), formado por militantes da área dos direitos humanos, se reuniram na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema, no começo de novembro.

Participaram militantes de 11 países, que trataram de temas relacionados à terra, território e recursos naturais no Brasil e no mundo.

“Não se fala em sustentabilidade sem Reforma Agrária”


Por Pedro Alexandre Saches
Repórter especial do iG Cultura

“Não se fala em sustentabilidade sem se falar em reforma agrária, sem se falar em agricultura familiar. Fica uma coisa meio… assistencialista”, cutucou, à luz do dia, Fernando Anitelli, o líder do grupo paulista O Teatro Mágico.

Por baixo dos trajes de palhaço circense, ele usava uma camisteta vermelha do Movimento dos Sem-Terra (MST), que deixou bem à mostra no final do show.