Mulheres Sem Terra realizam estudo, marcha e atividades culturais no Paraná



Por Riquieli Capitani e Geani de Souza
Da Página do MST

O mês de março é marcado pela Jornada Nacional de Luta das Mulheres Sem Terra, quando camponesas realizam diversas atividades, desde comemoração, estudo, reflexão, até grandes lutas e mobilizações. Com o lema “Mulheres Sem Terra na luta contra o capital e pela soberania dos povos”, as mulheres da Via Campesina abrem a jornada de lutas do ano.

Mulheres do campo e da cidade lutam contra a violência em Marabá

 

 

 

Da Página do MST

 

Cerca de duzentas mulheres ligadas aos movimentos do campo e da cidade de Marabá realizaram no oito de março um ato em frente a prefeitura da cidade as atividades referente ao dia internacional das mulheres.

As participantes discutiram uma pauta convergente entre as necessidades de gênero tanto do campo quanto da cidade.

Camponesas marcham contra a violência e pela Reforma Agrária em Alagoas

 

 

Da Página do MST

 

No dia Internacional de Luta das Mulheres, trabalhadoras rurais de Alagoas organizadas no MST marcharam pela cidade de Atalaia (45km da capital Maceió). De lenço lilás e fitas pretas, as camponesas caminharam representando o luto contra a violência às mulheres e a vida dos trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra pelas mãos do latifúndio.

A mobilização soma-se a tantas outras que acontecem de Norte a Sul do país, formando a Jornada de Lutas das Mulheres da Via Campesina.

Mulheres do campo e da cidade debatem questões de gênero no Pará


Da Página do MST

Cerca de duzentas mulheres ligadas aos movimentos do campo e da cidade de Marabá, no Pará, finalizaram nesta sexta-feira (8) as atividades referente ao dia internacional das mulheres, com um ato em frente à prefeitura da cidade.

Reunidas por toda semana, as participantes discutiram uma pauta convergente entre as necessidades de gênero tanto do campo quanto da cidade.