O MST parabeniza o MAB pelo seu encontro nacional


Da Página do MST

O MST parabeniza o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) pelo seu Encontro Nacional que se inicia nessa segunda-feira (2), no município de Cotia, na Grande São Paulo.

Saudamos a todos os companheiros e companheiras do MAB que lutam diariamente contra o grande capital – que como nunca se apropria dos nossos recursos naturais -, e pelas transformações estruturais, tão urgentes e necessárias, da sociedade brasileira.

MAB faz jornada nacional de lutas em defesa dos direitos dos atingidos

 

Da Página do MAB

 

Na próxima semana, milhares de atingidos por barragens se mobilizarão em diversas capitais brasileiras para reivindicar seus direitos, denunciar o atual modelo energético e apoiar a luta dos trabalhadores do setor elétrico. É a jornada nacional de lutas que comemora o 14 de Março: Dia internacional de luta contra as barragens, pelos rios, pela água e pela vida.

“Hidroelétrica não é energia limpa”, alerta MAB


Por Vinicius Mansur
De Cancún (Mèxico)

Entre as diversas propostas apresentadas na COP 16 – conferência da ONU sobre mudanças climáticas – que visam a combater a crise ambiental incrementando grandes negócios, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) do Brasil atacou aquelas que defendem as hidroelétricas como energia limpa.

Governo reconhece violações de direitos na construção de barragens


Da Página do MAB

Reunido em Campo Grande (MS), no dia 22/11, o CDDPH aprovou o relatório da Comissão Especial que analisou, durante 4 anos, denúncias de violações de direitos humanos no processo de implantação de barragens no Brasil. O presidente do Conselho e Secretário Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, parabenizou a Comissão e considerou seu trabalho “árduo e histórico”.

Lula assina decreto para cadastrar atingidos por barragens

Na tarde de terça-feira (26/10), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) tinha uma reunião, em Brasília, com o presidente Lula e ministros de Estado, entre eles, o Ministro de Minas e Energia, de Meio Ambiente, de Aquicultura e Pesca e a Secretaria Geral da Presidência. Também estão convidados representantes de movimentos sociais, sindicatos, pastorais sociais da CNBB, deputados e bispos.

Manifestações contra Belo Monte chegam a oito capitais

Nesta terça-feira (20/4), atingidos por barragens, militantes de movimentos sociais, indígenas e ambientalistas, além de trabalhadores urbanos e de pastorais sociais realizaram protesto em sete capitais e em Brasília contra a construção da usina Hidrelétrica de Belo Monte. Atingidos por barragens de Tocantins e Goiás se mobilizaram em Brasília.

Movimentos contra Belo Monte

Movimentos sociais e indígenas promovem coletiva de imprensa sobre a implantação da usina de Belo Monte, no Pará. A coletiva foi realizada no dia 12/4, em Brasília (DF). Além dos porta-vozes dos movimentos e organizações que lutam contra a usina de Belo Monte, participaram como convidados o cineasta James Cameron e os atores Sigourney Weaver e Joel David Moore.

Assista abaixo o vídeo, que também pode ser visto em: http://redeculturaldaterra.blip.tv/

Marcha pede cancelamento da construção de Belo Monte

Da RadioagênciaNP

Para pedir o cancelamento da licença prévia e do leilão da construção da hidrelétrica de Belo Monte – marcado para o dia 20 de abril –, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), realizou, nesta segunda-feira (12/04), uma marcha na cidade de Brasília (DF).

Com o apoio da Via Campesina, MST, Movimento Xingu Vivo para Todos, entre outros, aproximadamente mil pessoas percorreram a Esplanada dos Ministérios, Ministério do Meio Ambiente, Congresso Nacional, Ministério da Justiça, Ministério das Minas e Energia, Ministério da Indústria e Comércio e ANEEL.

Atingidos por barragens iniciam encontro nacional, em Brasília

Cerca de 700 atingidos por barragens de 15 estados brasileiros estão reunidos desde ontem (8/4), em Brasília, para o Encontro Nacional da Juventude – pelos direitos dos atingidos por barragens e por um projeto energético popular. O evento, organizado pelo MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), está sendo realizado no Centro Comunitário Athos Bulcão, na Universidade de Brasília (UnB).

Atingidos por barragens realizam encontro nacional em Brasília

Do MAB

Entre os dias 8 e 12 de abril, cerca de 700 atingidos por barragens de todo o país estarão reunidos, em Brasília, para o Encontro Nacional da Juventude – pelos direitos dos atingidos por barragens e por um projeto energético popular. O evento, organizado pelo MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), será realizado no Centro Comunitário Athos Bulcão, na Universidade de Brasília (UnB).

Agricultores protestam por melhores condições no campo

Cerca de dez mil agricultores do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), fazem nesta terça-feira (30/3) mobilizações em agências do Banco do Brasil e do Banrisul em 18 municípios do estado do Rio Grande do Sul. O objetivo das ações é cobrar do governo estadual e federal medidas para que os agricultores possam continuar no campo.

Os principais pontos de reivindicação dos agricultores são :

Atingidos por barragens continuarão mobilizados

Do Setor de Comunicação do MAB

Nesta semana, os atingidos por barragens organizados no MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), estiveram acampados em várias regiões do país, como parte da Jornada do Dia Internacional de Luta contra as Barragens.

Eles denunciaram a violação dos direitos dos atingidos no processo de implantação de barragens, cobraram a dívida que as empresas e governos têm com esta população e exigiram o cancelamento da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, entre outras barragens projetadas para os rios brasileiros.