Campanha mais cara da história acirra debate sobre reforma política


Do Brasil 247

Com gastos totais de R$ 5 bilhões, a campanha eleitoral de 2014 foi a mais cara da história, ultrapassando em 2% a de 2010, que, diferentemente do pleito deste ano, tinha o dobro dos cargos ao Senado em disputa. Os números foram obtidos pelo jornal Folha de S. Paulo após levantamento nas prestações de contas de todos os candidatos em disputa, eleitos e derrotados.

Frei Betto: “É urgente a reforma política”

Por Nilton Viana
Do Brasil de Fato

Cuba merece todas as comendas por sua solidariedade ao Brasil e aos países pobres do mundo, disse Frei Betto, que acaba de receber a Ordem da Solidariedade, concedida pelo Conselho de Estado de Cuba – entregue dia 8 de setembro pela embaixadora Marielena Ruiz Capote – no consulado de Cuba, em São Paulo (SP).

Militantes participam de curso de formação de Plebiscito pela Reforma Política

Por Comunicação do Plebiscito Constituinte
 
O 1º Curso Nacional de Formação de Formadores do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político aconteceu entre 6 e 8 de dezembro 2013, na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema (SP).

Participaram da formação 120 militantes, de 20 estados, de 30 organizações, movimentos sociais do campo e da cidade, sindicatos, entidades estudantis e entidades de negros e mulheres.

Movimentos sociais e sindicatos lançam plebiscito por reforma política


Por Luiz Carvalho
Da Rede Brasil Atual

Na sexta-feria (15), dia da Proclamação da República, a CUT e outras cerca de 100 entidades de movimentos sociais, lançaram no auditório da Universidade Católica de Brasília um plebiscito popular por uma constituinte exclusiva e soberana do sistema político.

Para as organizações, ao contrário do que ocorreu em 15 de novembro de 1889, é preciso construir uma estrutura política com base na ampliação da participação da sociedade. E isso não acontecerá se o processo ficar nas mãos do Congresso Nacional.