14 de janeiro de 2022

“É impossível combater a fome sem lidar com o controle dos recursos naturais”

 

Por Bruno Pavan
Do Brasil de Fato


Em novembro do ano passado acon­teceu em Roma (Itália), a 2ª Conferên­cia Internacional de Nutrição (CIN 2). Apesar de alguns avanços no combate à fome no mundo em relação ao primeiro encontro, realizado em 1992, um dado ainda assusta: em pleno século 21, 850 milhões de pessoas são cronicamente subnutridas.

MST lança novo site com bate papo entre Stedile e blogueiros

Da Página do MST


Na próxima quarta-feira (21), o MST convida a todos para um coquetel de lançamento de sua nova página na internet, www.mst.org.br, que acontecerá no Centro de Estudos Barão de Itararé, em São Paulo, às 19h.

Há 20 anos Vale controla sindicalismo e impede eleições em Carajás

 

Por Marcio Zonta
Do Brasil de Fato


Há 20 anos não existiam eleições para concorrer à presidência do sindicato Metabase de Carajás, no Pará – maior sindicato mineiro do país, com aproximadamente 11.500 operários em sua base, dos quais cerca de 4 mil são fiiados.

Dez empresas dominam de 60% a 70% do que consumimos nos mercados

 

Da Repórter Brasil


Talvez passe despercebido àqueles que vão ao supermercado que um conjunto pequeno de grandes transnacionais concentra a maior parte das marcas compradas pelos brasileiros. Dez grandes companhias – entre elas Unilever, Nestlé, Procter & Gamble, Kraft e Coca-Cola – abocanham de 60% a 70% das compras de uma família e tornam o Brasil um dos países com maior nível de concentração no mundo. O que sobra do mercado é disputado por cerca de 500 empresas menores, regionais.

Após conflitos, Funai exonera coordenador regional do Amazonas

 

Por Paula Laboissière e Alex Rodrigues
Da Agência Brasil

A Fundação Nacional do Índio (Funai) exonerou o coordenador da Regional Madeira, no Amazonas, Ivã Gouvêa Bocchini. A regional é responsável pela condução da política indigenista na região de Humaitá, no sul do Amazonas, onde, há duas semanas, uma reserva Tenharim foi atacada por não índios. Construções e carros da Funai foram incendiados, obrigando parte dos índios a buscar abrigo em uma unidade do Exército.

Após devastação causada por represa no NE, famílias são reassentadas

 
Por Mario Osava, 
Da IPS/Envolverde
 
Valdenor de Melo espera há 27 anos a terra e a indenização monetária que lhe cabem porque sua antiga propriedade ficou debaixo da água da represa da hidrelétrica de Itaparica, no rio São Francisco, no nordeste do país.
 
“Vou receber, tenho fé”, assegurou à IPS, embora ache que antes se aposentará como agricultor.

Política agrária dos governos petistas não mudou a estrutura rural brasileira

 

Por Eduardo Sales de Lima 

Do Brasil de Fato

Completados dez anos da presen­ça do Partido dos Trabalhadores (PT) no comando do governo federal ainda existem cerca de 150 mil famílias de tra­balhadores rurais sem-terra acampadas em dezenas de acampamentos Brasil afora, lutando por seu pedaço de terra.

Assentados no Milton Santos vivem a angústia com despejo

J. R. Penteado
De Americana (SP)
Na Agência Brasil de Fato


   

Conheça os 10 fatos que todos devem saber sobre a fome no mundo

 

Por Mônica Villela Grayley

Da Rádio ONU 

As Nações Unidas publicaram uma lista sobre as 10 coisas que todos devem saber a respeito da fome neste novo ano. Confira abaixo os tópicos compilados pelo Programa Mundial de Alimentos (PMA):

1. O mundo tem cerca de 870 milhões de pessoas que não têm o necessário para comer para levar uma vida saúdável. Isto significa que uma em cada oito habitantes do globo vai para a cama, todos os dias, passando fome. (Fonte: FAO, 2012)

Zé Pinto, o artista entre o povo

 

Por Railton Teixeira
Do Brasil de Fato


A esquerda brasileira e seus referenciais teóricos em crise, face às profundas mudanças de alguns paradigmas perdeu-se dentro do seu “labirinto teórico” e, ao explorar a cultura popular, não lhe deu o valor merecido. Pelo menos é o que garante o cantador popular Zé Pinto, autor de várias cantorias da luta do campo, como ele mesmo prefere denominar.

MST afirma a importância da luta no 26º Encontro Estadual de Sergipe

 

 

Da Página do MST

 

O 26ª Encontro Estadual do MST de Sergipe aconteceu de 8 a 11 de janeiro de 2013, no Centro de Capacitação Canudos - Assentamento Moacir Wanderley, no povoado Quissamã. Durante esses quatro dias, diversas foram as análises e reflexões feitas pela militância vinda de todas as regiões do estado.

Entidades que monitoram proprietários do Brasil pedem contribuição

 

Da Pàgina “Proprietários do Brasil”

 


Qual é a estrutura de poder econômico dos grupos privados que atuam no país? Quais são os atores que acumulam maior poder nesta estrutura, e qual a relação entre os mesmos?

Qual o grau de influência desta estrutura de poder, invisível, sobre as decisões do Estado quanto ao rumo do desenvolvimento e as políticas econômicas?

Como o Estado se relaciona e alimenta esta estrutura de poder e quais as contrapartidas desta relação para o bem-estar da sociedade?

Famílias do MST conquistam terra no Paraná


Da Página do MST

 

Após 27 anos de luta pela terra, Reforma Agrária, e por uma sociedade mais justa e fraterna, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) comemora nesse sábado (15/01) a conquista do Assentamento Rosa Luxemburgo, em Congonhinhas, região Norte Pioneiro do Paraná.

A área tem 900 hectares e beneficiará 53 famílias que estavam acampadas há aproximadamente quatro anos. As mesmas são oriundas de Cascavel, São Jerônimo da Serra, Querência do Norte, entre outras localidades.

Conflito no Pará se acirra e trabalhadores fecham estrada

 

Da Comissão Pastoral da Terra

 

Trabalhadores do Projeto de Desenvolvimento Social (PDS) Esperança, em Anapu, Pará, criado pela irmã Dorothy Stang, assassinada em 2005, bloquearam as estradas vicinais que dão acesso ao PDS como protesto contra a ação de madeireiros na região.

MST conversa com secretário de Desenvolvimento Agrário


Por Marcelo Matos
Da Página do MST

 

Ontem, 13 de janeiro, a Direção do MST do Ceará se reuniu com o novo secretário de Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins. O objetivo do encontro foi fazer com que o secretário, recém-empossado pelo governador Cid Gomes, conhecesse as reivindicações dos trabalhadores Sem Terra.

Haiti, um ano de terremoto


Editorial da edição 411 do Brasil de Fato

 

Crianças confinadas em albergues veem o sonho da educação como algo cada vez mais distante. Homens e mulheres tentam ganhar a vida em meio a escombros. Com baldes na cabeça, em busca da cada vez mas escassa água potável, ou com carrinho de mão, perambulam sem esperança. Esse é um dos retratos do Haiti um ano após o devastador terremoto que deixou mais de 250 mil mortos e 1,5 milhão de desabrigados.

Violência e poucas terras na era Lula


Por Fabíola Ortiz
Da IPS

 

Nos oito anos de governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011), foram homologadas no Brasil apenas 88 terras indígenas, segundo o Conselho Indigenista Missionário (CIMI), que viu este período como o mais violento das últimas décadas. “Não foi estruturada uma política para demarcar, proteger e dar assistência efetiva aos povos indígenas. Não foi prioridade do governo a solução dos conflitos agrários”, disse o vice-presidente do Cimi, Roberto Antonio Liebgott.

Cearenses são libertados de área de cultivo de tomate

Da Repórter Brasil Auditores fiscais da Gerência Regional do Trabalho e Emprego (GRTE) em Uberlândia (MG) libertaram 14 trabalhadores de condições análogas à escravidão da Fazenda Brejão, em Araguari (MG). O flagrante ocorreu em 22 de dezembro de 2009, após denúncia de um dos empregados ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Araguari (MG), que entrou em contato com a representação do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e transmitiu a denúncia, que foi atendida pela GRTE responsável em caráter de urgência.

Manifesto em defesa do PNDH-3

NOTA PÚBLICA III Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH 3) é avanço na luta por direitos humanos EM DEFESA DA DEMOCRACIA, DOS DIREITOS HUMANOS E DA VERDADE

Aquecimento global pode afetar 40% dos cultivos no mundo

Da Radioagência NP A comunidade científica fez novos alertas sobre as conseqüências do aquecimento global. Um estudo publicado na revista “Sciense” estima que metade da população mundial pode sofrer com a falta de comida até 2100. Segundo o artigo, no…

MST: 25 anni di ostinazione

Nel gennaio del 1984 ci fu un processo di avanzamento dei movimenti di massa in Brasile. La classe lavoratrice si stava riorganizzando, accumulando forze organiche. I partiti clandestini erano già in strada, come il Partito Comunista Brasiliano (PCB), il Partito…

MST: 25 ans d’obstination

A l’occasion du 25 anniversaire du Mouvement des paysans sans terre brésilien, nous publions une tribune d’un de ses plus célèbres dirigeants. En janvier 1984, il y avait un processus de croissance du mouvement de masses au Brésil. La classe…

MST: 25 years of stubborness

In January 1984, there was a mass movement rise in Brazil. The working class reorganized, accumulating organic power. Illegal political parties, such as BCP (Brazilian Communist Party), PCP (Communist Party from Brazil), were already on the streets. We had managed…

Papeleira deve demitir 180 trabalhadores

Da Agência Chasque de Notícias A Suzano Papel e Celulose iniciou um processo de demissões em sua unidade em Mucuri, na Bahia. Foram demitidos 66 trabalhadores, porém segundo o Sindicato dos Trabalhares nas Indústrias de Papel e Celulose, a meta…

Número de milionários cresce 46,1% no Brasil

Do Invertia O Brasil ganhou 60 mil novos milionários na comparação entre 2007 e 2006. No ano passado, o País registrava 190 mil milionários contra 130 mil no ano anterior, segundo as informações do The Boston Consulting Group (BCG). Os…

Substituição na CTNBio não é transparente, diz ASPTA

Da Radioagência NP A Comissão Nacional Técnica de Biosegurança (CTNBio) se prepara para retornar seus trabalhos no próximo mês, quando deve sofrer algumas modificações. Os 27 conselheiros poderão ter os mandatos renovados ou substituídos. A expectativa é de que 12…

“Lula esgotou-se”, diz Dom Tomás Balduíno

Da IstoÉ O bispo emérito de Goiás, dom Tomás Balduíno, se mantém, aos 85 anos, como uma das vozes mais contundentes da esquerda da Igreja Católica. Fundador do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), cofundador e ex-presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), o antigo "companheiro de viagem" do PT critica a moderação de Lula no poder, defende com unhas e dentes a reforma agrária e justifica as ações violentas do Movimento dos Sem-Terra com um ditado popular que pode soar polêmico: "A violência é legítima quando a mansidão é vã."

Acusado de assassinato, Curió tem julgamento adiado

O prefeito de Curionópolis, Sebastião Curió Rodrigues de Moura (DEM-PA), de 73 anos, não compareceu ao julgamento do processo em que é acusado pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios pelos crimes de homicídio qualificado e lesões corporais. Marcado…

MST ocupa pela 9ª vez Fazenda Guerra no RS

Cerca de 1.500 trabalhadores rurais organizados pelo Movimento Sem Terra ocuparam nesta manhã (14) a sede da Fazenda Guerra, em Coqueiros do Sul (RS). É a nona ocupação da fazenda, que possui o tamanho de 9.000 campos de futebol, mas…

Sem-teto conseguem na Justiça ficar em terreno de Naji Nahas

Informativos – Últimas do MST Sem-teto conseguem na Justiça ficar em terreno de Naji Nahas 14/01/2005 Por Fernanda Sucupira Fonte Agência Carta Maior Desde fevereiro do ano passado, trabalhadores sem-teto ocupam um terreno de quase 1,4 milhões de metros quadrados,…