28 de setembro de 2021

"Sô isso não

“Sô isso não, Dona”

Videocrônica produzida pelo MST, aborda a violência contra a mulher. Será lançada nesta quinta-feira (28/09), confira o teaser!

Sérgio Leitão: o pesadelo do Código Florestal mal começou


Por Sérgio Leitão*
Do UOL


Como um ativo seguidor e participante dos debates sobre a reforma do Código Florestal, que se arrastam há mais de 12 anos, me vejo no papel de confessar que tenho tido dificuldade de entender cada nova maldade que as “Carminhas” da bancada ruralista inventam para destruir nossas florestas.

CPT repudia tortura de camponeses por pistoleiros no Pará

 

 

 

 

Da CPT

Nota pública da CPT de Xinguara e do STTR de Santana do Araguaia sobre caso ocorrido no Sul do Pará. Pela terceira vez, fazendeiro e pistoleiros torturam e expulsam 27 famílias do Assentamento Colônia Verde Brasileira, fazenda "03 Palmeiras", em Santana do Araguaia (PA).

 

 

NOTA PÚBLICA

Movimento de Mulheres Camponesas realiza I Encontro Nacional

 

Da Página do MST

O Movimento de Mulheres Camponesas (MMC) convida as mulheres organizadas no campo para participar do I Encontro Nacional do movimento, que irá acontecer de 17 a 20 de novembro deste ano.

O Encontro irá debater o papel que as mulheres ocupam no campo, além de defender a soberania alimentar, políticas mais justas no campo para as mulheres, preservação da biodiversidade e o fim da violência contra as mulheres no campo. 

Confira a convocação para o encontro:

 

Mobilizações continuam em três cidades do Rio Grande do Sul

 


Da Página do MST


As famílias que ocupam desde segunda-feira (26/09) uma fazenda em Viamão, região metropolitana de Porto Alegre, foram intimidadas pela Brigada Militar. Durante a manhã de terça-feira (27), apoiadores e assentados da região, preocupados com a situação das famílias, tentaram entregar aos acampados comida e água potável quando a polícia impediu a passagem dos carros.

Em Ribeirão Preto, acontece a VI Marcha pela Paz e a Natureza – Uso da terra



Da Página do MST


No dia 08 de outubro de 2011, acontece em Ribeirão Preto a VI Marcha pela Paz e a Natureza, que terá como tema o uso da terra. A Marcha é organizada, desde sua primeira edição, conjuntamente por setores progressistas da Igreja e o MST.

Nos anos anteriores, a temática se centrou na violência urbana, lixo, saúde publica, água, código florestal, e tem por objetivo problematizar essas questões junto à sociedade civil de Ribeirão Preto e região.

Assentados produzem arroz, feijão, milho, soja e trigo em Itapeva

Por Vanessa Ramos Da Página do MST As primeiras ocupações na antiga Fazenda Pirituba começaram a ser feitas na década de 80. De acordo com Zezinho, assentado na região de Itapeva e militante do MST, as ocupações tomaram força em função das irregularidades no primeiro projeto de assentamento, elaborado pelo então governador de São Paulo Carvalho Pinto entre 1959 a 1963.

MST resgata cultura tropeira em cavalgada na região de Itapeva

Por Vanessa Ramos Da Página do MST Em meio ao frio de uma manhã de domingo, cerca de 300 cavaleiros percorreram 30 quilômetros e reviveram a tradição de tropeiros, durante a 4ª Cavalgada do MST, realizada por trabalhadores rurais do Assentamento Pirituba, que fica na região de Itapeva, no interior de São Paulo. Na abertura da atividade, um café foi oferecido aos cavaleiros e aos acompanhantes. Ao som do tradicional berrante - uma espécie de buzina feita de chifres de animais -, os cavaleiros partiram em direção às trilhas antigas da região.

Assentados ocupam prefeitura por educação e saúde em AL

Por Rafael Soriano Da Página do MST Na manhã de hoje (28/09), 150 famílias de trabalhadores rurais organizados pelo MST, ocuparam a Prefeitura Municipal de Craíbas (distante 142km da capital Maceió). As famílias, oriundas dos assentamentos Genivaldo Moura e Rosa Luxemburgo, reivindicam ações concretas da Prefeitura para solucionar problemas nas áreas da educação, saúde e infra-estrutura. Segundo Beto Souza, da direção estadual do MST, “o clima na ocupação está tranqüilo. Mas o prefeito, que se encontra no município, ainda não apareceu para nos receber”.

Brasil é condenado por grampo ilegal contra MST

Da Página do MST* O Diário Oficial da União publicou, nesta terça-feira (27/9), a sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos que condena o Brasil ao pagamento de indenizações às vítimas do caso “Escher e outros Vs Brasil”. A condenação se deve a interceptações telefônicas ilegais realizadas em 1999 contra associações de trabalhadores rurais ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Paraná. O Estado brasileiro foi considerado culpado pela instalação dos grampos, pela divulgação ilegal das gravações e pela impunidade dos responsáveis.

“Unidade cria condições para lutas sociais”

Por Fábio Rogério Ramalho Do Portal CTB* No dia 1º junho, as cinco principais centrais sindicais reuniram 30 mil trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, e aprovaram a Agenda da Classe Trabalhadora: pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho.

Operação conjunta resgata 95 trabalhadores em Campos dos Goytacazes

Do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro Rio de Janeiro (RJ), 3/9/2010 - Noventa e cinco trabalhadores foram resgatados durante operação conjunta do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro, Superintendência Regional do Trabalho e Polícia Rodoviária Federal em fazendas de cana-de-açúcar da região de Campos dos Goytacazes, norte do Estado. Trabalhadores da localidade foram flagrados em condições degradantes de trabalho nas frentes de trabalho inspecionadas. O pagamento das indenizações e verbas rescisórias totalizou cerca de R$ 100 mil.

Relatório recomenda que empresas respeitem direitos dos povos indígenas

Por Natasha Pitts Da Adital ‘A falta de clareza sobre a responsabilidade das empresas em relação aos direitos dos povos indígenas é a fonte de inúmeros abusos em todas as partes do mundo’. Esta foi uma das principais conclusões do relatório emitido no último dia 20, pelo Relator Especial Sobre os Direitos e Liberdades Fundamentais dos Povos Indígenas, James Anaya.

Senar e Sescoop pagavam salário do presidente da Farsul

Por Dr. Rosinha* O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) são entidades patronais que administram razoáveis somas de recursos públicos. Conforme dados fornecidos pelo Ministério da Previdência em resposta ao requerimento do falecido deputado federal Adão Pretto, o poder público arrecadou e transferiu, entre 2000 e 2006, cerca de R$ 884 milhões para o Senar e R$ 230 milhões para o Sescoop.

Reforma Agrária depende da educação do campo

O integrante da coordenação nacional do MST, João Pedro Stedile, defendeu a educação do campo como um dos principais requisitos para a Reforma Agrária no Brasil. Stedile participou, na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), do 15º Encontro Estadual das Educadoras e Educadores do MST, que ocorreu entre 24 e 27/9 e contou com a presença de representantes de dezenas de municípios baianos.

Ditadura fecha rádio e tv, caça direitos civis e ameça embaixada brasileira

Do Brasil de Fato O governo hondurenho suspendeu por 45 dias, nesta segunda-feira (28/9), as garantias constitucionais, como o direito de reunião e de habeas-corpus, e restringiu as liberdades de circulação e expressão. Os golpistas também fecharam a rádio Globo, que se manifestava favorável ao presidente deposto, Manuel Zelaya. Cerca de 20 pessoas das forças de segurança tomaram o edifício da rádio por volta das 5h30mim (horário local) e tiraram o sinal do ar. Policiais também realizaram uma intervenção no Canal 36, retirando suas antenas.

Carta dos movimentos sociais da África e América do Sul

Nós, os movimentos e organizações sociais da África e a América do Sul, reunidos na Jornada de Camponeses e Pescadores Africanos e Sul-americanos, cumprimentamos com entusiasmo a II Cúpula América do Sul - África (ASA). Esperamos que os Chefes de Estado e de Governo reunidos acordem ações que fortaleçam a cooperação entre os povos do Sul. Nos reunimos na cidade de Caracas, a Venezuela, os dias 21 e 22 de setembro

Sem controle, estrangeiros compram cada vez mais terras no Brasil

O esforço do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em vender o Brasil como futuro pólo mundial do biocombustível está provocando uma explosão no mercado de terras, mas desnudou uma realidade grave para a soberania do país: o governo não…

Ruralistas trancam entrada de cidade gaúcha

Ruralistas da região de São Sepé estão trancando as entradas da cidade, na manhça desta sexta-feira, para impedir a chegada de uma marcha pacífica e cívica do MST à cidade do Rio Grande do Sul. A Brigada Militar se encontra…

Trabalhadores entram em greve para denunciar exploração da Cargill

Fonte Agência CUT Os dois mil trabalhadores da unidade da Seara-Cargill em Dourados, no interior do Mato Grosso do Sul, estão paralisados desde ontem contra o arrocho salarial e as péssimas condições de trabalho impostas pela multinacional. Com três turnos,…

Trabalhadores Sem Terra aperfeiçoam técnicas de teatro

Dando continuidade ao trabalho de formação dos atores e atrizes do MST de Mato Grosso do Sul (MS) será realizado em outubro uma oficina integrante da segunda edição do Terra, Teatro e Cidadania. Quarenta e cinco pessoas participarão do encontro…

Governo FHC e a propaganda virtual

Por João Pedro Stedile* Em se tratando de Reforma Agrária, o governo FHC foi o que mais fez propaganda. De 1995 a 2000, pouco foi investido nesta área, sendo que o valor gasto por ano sempre foi menor do que…