Após campanha de solidariedade, Sem Terra celebram liberdade dos 5 cubanos

Por Maura Silva
Da Página do MST

O presidente de Cuba, Raul Castro, anunciou na tarde desta quarta-feira (17), a liberdade dos três últimos prisioneiros cubanos que, há mais de 16 anos, permaneciam presos nos EUA acusados de espionagem. 

Desde 2012 diversas organizações sociais retomaram a Campanha pela Liberdade dos cinco Cubanos, e o MST foi uma das organizações que encabeçou a iniciativa.

Juventude reafirma a unidade contra o Imperialismo na América

 

Por Comunicação da Via Campesina 
Da Página do MST

“Temos que retomar a esperança e o sentimento que nos mobiliza para uma causa comum, sem esse sentimento não teremos força para enfrentar o inimigo” afirmou Eliane Moura Martins, do Movimento de Trabalhadores Desempregados (MTD), nesta quarta feira (20), durante a mesa de Abertura sobre “Análise da realidade Latino-Americana do 14° acampamento Latino-americano em Palmeira das Missões, interior do Rio Grande do Sul.

Amigos do MST na Europa se reúnem para apoiar luta pela terra no Brasil


Dos Amigos do MST nos EUA

Os comitês europeus dos amigos do MST realizaram um encontro de 24 a 26 de outubro, na cidade de Mondoñedo, na Espanha. Representantes da Alemanha, Portugal, Noruega, Suécia, Bélgica e Galicia, Países Bascos e Cataluña participaram, assim como os amigos do Movimento nos Estados Unidos e Canadá. Dois representantes do Brasil estavam presentes.

Organizações pedem fim da ocupação militar brasileira no Haiti


Da Página do MST

Neste ano, a missão de paz das Nações Unidas no Haiti, conhecida como Minustah e chefiada militarmente pelo Brasil, completa 10 anos. 

No próximo dia 14 de outubro, um dia antes de vencer o mandato anual de ocupação, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) se reunirá para decidir sobre a permanência das tropas no país. 

MST recebe medalha de gratidão do Grupo Interparlamentar França-Brasil

Da Página do MST

Na tarde desta quarta-feira (4), o MST junto a Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) recebeu parlamentares franceses representantes do Grupo Interparlamentar de Amizade França – Brasil. 

O grupo francês está no Brasil acessando informações em relação à questão agrária e energética, saúde pública e políticas de igualdade de gênero.

Amigos do MST na França plantam solidariedade e politizam a terra

Por José Coutinho Júnior*
Da Página do MST

O comitê dos amigos do MST na Fraça realiza diversas ações em apoio ao Movimento. A principal delas é a plantação e comercialização de verbena, utilizada para fazer chá no país. 

O comitê também pauta questões como a soberania alimentar na França. A organização foi formado em 2002, como consequência da ida de Giovani Braun, um membro do MST do Paraná, a Lyon em 2002.

Dia Mundial de Ira por Gaza exige fim do genocídio na Palestina


Por Maura Silva
Da Página do MST

Organizações da Faixa de Gaza pedem aos movimentos sociais, instituições e pessoas solidárias à causa Palestina que saiam às ruas, neste sábado (09/08) no Dia Mundial de Ira por Gaza. Centenas de atos e manifestações de apoio estão sendo organizados no mundo todo.

Em São Paulo, as atividades começam esta sexta (08/07), com o 4º ato unificado, que exige a desocupação da Palestina. A concentração está marcada para às 17h30 no vão Livre do MASP, e os manifestantes seguirão em direção à Praça Roosevelt.

“Existe uma rebelião popular em curso na Palestina”

Por José Coutinho Junior, José Francisco Neto e Maura Silva
Da Página do MST

Há um mês, três soldados israelenses foram sequestrados e mortos. O governo de Israel acusou, sem provas, o Hamas –partido político que controla a Faixa de Gaza. Foi o suficiente para que a operação “Margem Protetora” fosse colocada em curso pelo exército israelense.

Tribunal dos Povos exige reparação às violações de direitos humanos no México


Pela Brigada Intercambista do MST no México

Nesta sexta-feira (18/07), ocorreu em Limonar, uma comunidade indigena camponesa no estado mexicano de Chiapas, a audiência do Tribunal Permanente dos Povos (TPP), sobre o Massacre Viejo Velasco.

O objetivo da audiência é denunciar, nacional e internacionalmente, as graves violações dos direitos humanos que tem ocorrido com os povos indígenas em Chiapas, ao mesmo tempo em que apresenta argumentos jurídicos e éticos que buscam alcançar justiça e fortalecimento da Memória do povo mexicano.

O povo palestino tem o direito de resistir e lutar contra a ocupação israelesnse

Da Página do MST

Uma nova ofensiva militar israelense já resulta em centenas de prisões e mortes na Palestina ocupada. Seja na Cisjordânia, em Gaza, em Jerusalém ou nos territórios palestinos ocupados em 1948, o que vemos é mais violência e violações dos direitos humanos e do direito internacional humanitário por parte do governo de Israel. Milhares de civis são assassinados, feridos e presos durante as operações militares israelenses.

Contra massacre em Gaza, movimentos organizam série de intervenções em SP

Da Página do MST*

A ação está sendo organizada pelo Movimento Palestina para Todas/os (MOP@T) e conta com o apoio de outros movimentos sociais em São Paulo, como o MST, Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Comitê Popular da Copa, Marcha Mundial das Mulheres (MMM). 

A praça “Cinquentenário de Israel”, em Higienópolis, foi escolhida como local por seu valor simbólico. O ato será o primeiro de uma série de intervenções que devem ocorrer nos próximos dias. 

Políticas de austeridade da UE lançaram 800 mil crianças na pobreza

Da Esquerda.net

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou, nesta terça-feira, o “Relatório sobre a proteção social no mundo, 2014-2015”, que no original em inglêspode ser acessado neste link.

Segundo a agência Lusa, o relatório, no capítulo com o título “Erosão do modelo social europeu” assinala: “Em 2012, 123 milhões de pessoas nos 27 (na altura) Estados membros da União Europeia, ou 24% da população, estavam em risco de pobreza ou exclusão social (…) e cerca de mais 800.000 crianças viviam na pobreza que em 2008”.

Brigada do MST participa de caravana em homenagem ao zapatista Galeano

 

Pela Brigada do MST de Intercâmbio no México
Da Página do MST

Neste sábado (24), a Caravana Justicia para el compa Galeano chegou no Caracol La Realidad – centro de organização política autônoma dos zapatistas, na selva fronteiriça de Chiapas (México) com a Guatemala -, para homenagear o zapatista José Luis Solís, mais conhecido como Galeano, assassinado no último dia 2 de maio.

Assembleia da ALBA ratifica a construção da integração continental


Da Página do MST

Entre os dias 16 a 20 de maio, aconteceu a 1° Assembleia Continental dos Movimentos Sociais da Aliança Bolivariana das Américas (ALBA), quando se reuniram mais de 200 delegados e delegadas de 22 países de diversos movimentos sociais da América Latina.

A atividade, realizada na Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), na cidade de Guararema – SP, teve como objetivo criar uma união e integração dos povos e organizações do continente por meio de lutas em comum, com a finalidade de concretizar um projeto de articulação continental.

Movimentos sociais da América Latina participam de assembleia da Alba em SP

Da Página do MST

 

Um momento significativo para as lutas populares começou nesta quinta-feira (16/5) com a abertura da 1ª Assembléia de Articulação dos Movimentos Sociais para a Aliança Bolivariana das Américas (Alba), que reúne mais de 150 delegados de 22 países, na Escola Nacional Florestan Fernandes, do Movimento dos Sem Terra (MST), em Guararema, em São Paulo.

MST recebe prêmio em Guernica pela luta da Reforma Agrária


Da Página do MST

O MST recebeu nesta sexta-feira (26/4) o prêmio Prêmio Guernica para a Paz e Reconciliação de 2013, na cidade de Guernica, na Espanha. O prêmio foi entregue durante os atos de memória dos 76 anos do bombardeio de Guernica pelos nazistas.

Cerca de 400 pessoas participaram da cerimônia, dentre as quais autoridades da cidade, membros da Via Campesina da Espanha e amigos do MST no país Basco.

Alba reconhece vitória de Maduro e denuncia tática de desestabilização

 

Da Página do MST

 

A Articulação Continental de Movimentos Sociais da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba) reconheceu a eleição de Nicolás Maduro para a Presidência da Venezuela.

“As eleições da Venezuela têm adquirido um sistema de votação que é exemplo para todo o mundo e conta com um amplo reconhecimento da comunidade internacional dado à sua eficiência, segurança e transparência”, afirma nota dos movimentos da Alba.

Confira a entrevista de Stedile à Telesur sobre o apoio dos movimentos a Maduro


Da Página do MST

Confira a entrevista de João Pedro Stedile, da coordenação nacional do MST, para a Telesur sobre as eleições venezuelanas e o apoio a Nicolás Maduro.

Disse estar na Venezuela para demonstrar o apoio dos movimientos sociais brasileiros que têm uma articulação a nível continental, desde o Canadá até a Patagonia, e que querem construir um projeto de liberação e integração entre os movimentos sociais desde a ALBA, inspirado no processo Bolivariano de Venezuela.

Via Campesina homenageia Chávez no Fórum Social Mundial

 

Por Luiz Felipe Albuquerque
Da Página do MST

 

Nesta sexta-feira (30/3), a Via Campesina realiza um ato em homenagem a Hugo Chávez – ex-presidente venezuelano falecido no começo de março – no Fórum Social Mundial 2013, que acontece na cidade de Tunes, capital da Tunísia, entre os dias 26 a 30 de março.

O dilema permanente do Fórum Social Mundial: sua identidade

 

 

Por Sergio Ferrrari e Djalma Costa
Do Adital

Uma nova edição do Fórum Social Mundial (FSM) se inicia no próximo dia 26 de março, em Túnis. Os desafios desse espaço altermundialista são muitos. O principal, talvez, é o de sua própria identidade, assinala Joaquim Pinheiro, membro da Coordenação Nacional do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) do Brasil.

“O Haiti não precisa da Minustah, precisa de solidariedade!”

 

 

Por Joana Tavares
Do Portal Minas Livre

 

Jean-Jacques Dessalines foi um ex-escravo que participou ativamente do processo de independência haitiana, em 1804, a primeira da América Latina. Além da declaração de independência em relação à França, o país rompeu com a escravidão, com a concentração da terra e lançou as bases para a construção de um Estado nacional.

MST apoia a luta dos camponeses do México contra milho transgênico

 

Da Pàgina do MST

O setor de relações internacionais do MST enviou uma carta aos movimentos sociais de camponeses do México, organizados na União Nacional de Organizações Camponesas Autônomas Regionais (Unorca), para manifestar apoio à luta contra a aprovação dos transgênicos.

“Vocês estão fazendo uma batalha fundamental, na vanguarda do processo de barrar o avanço do capital, que quer dominar nossas terras, nossa água, nossos recursos naturais, nossas sementes e os nossos alimentos”, diz a nota do MST.

Campanha defende libertação de presos políticos palestinos

 

Por Marcelo Buzetto
Setor de Relações Internacionais do MST

Desde 1948, quando a Palestina foi ocupada por tropas do recém criado exército israelense, a resistência popular anticolonialista e antiimperialista criou um poderoso movimento de libertação nacional que resultou em diversas formas de luta e de organização para que o povo palestino pudesse enfrentar o avanço do Estado de Israel sobre as terras árabes da Palestina.

Fórum Social Mundial defende boicote e sanções contra a ocupação israelense

Por Leonardo Wexell Severo

Com o salão de atos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul tomado por militantes dos cinco continentes, o Fórum Social Mundial Palestina Livre, que somou desde quarta-feira (28) mais de 300 organizações de 36 países em Porto Alegre, foi encerrado no final da tarde deste sábado (1) com uma conclamação para que sejam realizadas ações e campanhas de boicote, desinvestimento e sanções (BDS) contra a ocupação israelense, a fim de acelerar a concretização do Estado palestino.

Entidades marcham em solidariedade ao povo palestino em Porto Alegre


Por Patrícia Benvenuti
Do Brasil de Fato

Os participantes do Fórum Social Mundial Palestina Livre promoverão, na tarde desta quinta-feira (29), uma marcha pelas ruas de Porto Alegre (RS). A mobilização marca o Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino, celebrado em 29 de novembro.

A caminhada é considerada a abertura oficial do evento. No entanto, algumas atividades já ocorrem desde quarta-feira (28). A concentração da marcha será às 17h no Largo Glênio Peres, no centro da capital gaúcha.

Camponeses paraguaios bloqueiam vias e protestam contra Franco

 

Do Opera Mundi

Milhares de camponeses bloquearam nesta quinta-feira (25) duas importantes rodovias dos estados paraguaios de Misiones e Itapúa em protesto contra o governo paraguaio, que não lhes entregou os subsídios prometidos para a próxima safra.

As autoridades haviam estabelecido que cada agricultor receberia cerca de 250 dólares pelas perdas sofridas com as plantações, duramente afetadas pela intensa seca que afeta os campos no país. No dia 5 de outubro, o presidente Federico Franco ainda prometeu que a ajuda seria depositada com urgência.

Marcelo Barros recebe prêmio construtor da paz 2012

Da Página do MST*

Monge beneditino, escritor dos bons e entendido de cinema, Marcelo Barros ganhou o prêmio de construtor da paz 2012.

Essa é a primeira edição do simbólico prêmio anual, criado nas cidades e comunas da província de Cezenna e Forlí, na Itália. O critério dos organizadores é oferecer esse prêmio a alguém que se distinga por seu trabalho no plano da interculturalidade e do diálogo, seja de gêneros, seja o diálogo inter religioso.

Militantes de movimentos sociais visitam Venezuela e conhecem avanços do país

Por José Coutinho Júnior
Da Página do MST

Militantes de movimentos sociais brasileiros e de outros 20 países visitaram a Venezuela no mês de agosto e participaram de um intercâmbio da juventude, no qual viram as mudanças sociais implantadas durante o governo de Hugo Chávez.

De volta ao Brasil, Marcos Freitas, da Consulta Popular, Ana Paula Botelho, do setor de produção do MST, e Joca Madruga, fotógrafo do jornal Brasil de Fato, contam suas experiências na Venezuela de Chávez.

Brigada da Via Campesina no Haiti completa três anos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Por Thalles Gomes
Da Página dp MST

A Brigada Internacionalista da Via Campesina Brasil está presente no Haiti desde janeiro de 2009. Mais de 30 militantes de distintos estados e movimentos sociais já fizeram parte da equipe, que é formada atualmente por 10 pessoas.

Um panorama com as perspectivas para o continente

 

Por Joaquín Piñero
Coletivo de relações internacionais do MST
No
Brasil de Fato

   

O cenário político latino-americano apresentou algumas alterações nesse último período com a vitória de Ollanta Humala ao governo do Peru; o retorno do presidente Manuel Zelaya a Honduras e mais recentemente a confirmação de que o presidente venezuelano Hugo Chávez está se tratando de um câncer.

Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba acontece em São Paulo

 

Da Página do MST

 

Um conjunto partidos políticos, centrais sindicais, entidades estudantis e movimentos sociais, como o MST, promove a 19º Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba, entre 23 a 26 de junho, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Serão realizados debates e apresentados filmes, shows, além do lançamento de livros.

A atividade fará uma homenagem aos 40 anos da vitória do povo cubano contra o imperialismo estadunidense em Playa Girón.

Lançada em São Paulo campanha pelo Estado da Palestina já


Do Vermelho

Entidades do movimento social brasileiro, associações da comunidade árabe e palestina no Brasil e partidos de esquerda, realizaram na noite da última segunda-feira (20) em São Paulo, na sede nacional do PCdoB, uma reunião em que lançaram a campanha “Pela Criação do Estado da Palestina Já!” Como convidado de honra participou do encontro o embaixador da Autoridade Nacional Palestina no Brasil, Ibrahim al-Zeben.

CLOC denuncia repressão a movimento na Argentina

 

Da Página do MST

 

A Coordenação Latino Americana de Organizações do Campo (Cloc), vinculada à Via Campesina, denuncia a criminalização da luta social que se aprofunda na Argentina, frente à repressão contra 12 trabalhadores e trabalhadoras do Movimento Nacional Camponês Indígena da Argentina (MNCI).

Abaixo, leia nota

Capitalismo aprofunda a divisão sexual de trabalho


Da Comunicação Congresso da CLOC

A Assembleia teve inicio com uma mística emocionante, que destacou as martíres do continente latinoamericano e seus ensinamentos para a luta de hoje. A comissão de organização do V Congresso da CLOC foi chamada para saudar a todas e todos participantes da Assembleia de Mulheres.

Congresso da CLOC começa com marcha em Quito


Da Comunicação Congresso da CLOC

Com um sol radiante e no meio de uma grande festa de cores, mais de mil delegadas e delegados da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações do Campo (CLOC) e da Via Campesina tomaram as principais ruas e avenidas da cidade de Quito, gritando a consígnia “Contra o Capital e o Império, Pela Terra e a Soberania de Nossos Povos, América Luta!”.

Assembleia de Jovens da CLOC começa no Equador


Da Comunicação Congresso da CLOC

Com uma mística que reuniu representantes de todas as regiões da América, teve início a III Assembleia de Jovens da CLOC, na Universidade Central de Quito, Equador. Após esse primeiro momento, foram chamados os coodenadores do dia para as atividades desse evento.

Luis Andrango, presidente da Federação Nacional de Organizações Camponesas, Indígenas e Afrodescendentes do Equador, FENOCIN, saudou a todos e todas, em nome das organizações equatorianas.

Assembleia de jovens da CLOC busca articulação continental


Da Comunicação Congresso da CLOC

De diversos países já começam a chegar delegados e delegadas jovens para a III Assembleia de Jovens que se realizará em 8 e 9 de outubro em Quito, no Equador, no marco do V Congresso da Coordenadoria Latino-americana de Organizações do Campo – CLOC.

O trabalho de organização para a III Assembleia Latinoamericana da Juventude da CLOC-VC vem sendo realizado há mais de um ano em diferentes instância,s tanto nacionais, regionais, quanto continentais.

Juventude da CLOC repudia tentativa de golpe no Equador


Da Comunicação Congresso da CLOC

Jovens integrantes de diversas organizações da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações do Campo (CLOC), manifestaram suas reflexões e demandas no programa de televisão “Defendendo a Pachamama”, produzido pela Federação Nacional de Organizações Camponesas, Indígenas e Negras, (FENOCIN), do Equador.

No programa, foram entrevistados Omar Delgado, dirigente da Coordenadoria Nacional Camponesa (CNC), Delia Guaman, dirigente da FENOCIN, ambos do Equador e a dirigente da Associação de Trabalhadores do Campo (ATC), Zayra Ticay, da Nicarágua.

Chávez anuncia medidas para impulsionar Reforma Agrária


Por Marluce Melo
De Caracas/Venezuela

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, anunciou no último domingo, que no mês de outubro o seu governo expropriará terras improdutivas em três estados do país como parte da retomada da luta contra o latifúndio.

A ofensiva foi iniciada com a expropriação da empresa Agroisleña, maior distribuidora de insumo do setor agropecuário, e com a nacionalização de um grupo de fazendas, de propriedade da empresa inglesa Vestey, que detém um total de 300 mil hectares e milhares de cabeça de gado.

Comissão Política da CLOC se concentra em Quito


Da Comunicação Congresso da CLOC

A Comissão Política da Coordenadoria Latinoamericana de Organizações do Campo, CLOC, se reuniu hoje de manhã, 5 de outubro, nas instalações da Coordenadoria Nacional Camponesa, CNC-Eloy Alfaro, na cidade de Quito para analisar os avanços do V Congresso que se realizará de 8 a 16 de outubro, nas instalações da Universidade Central do Equador.

Realização do congresso da CLOC no Equador está garantida


Da comunicação do Congresso da CLOC

A rebelião policial que se estendeu, no último 30 de setembro, por várias cidades do Equador, fazendo surgir rumores de uma tentativa de golpe de estado, foi suprimida pelo governo Correa. Quito e todo o país do Equador começam a retornar à normalidade.

O exército permanece nas ruas, a polícia está afastada temporariamente e o país continua em estado de exceção. Mesmo assim, as atividades diárias do povo equatoriano se mantém com aparente normalidade.

Via Campesina exige da FAO apoio às verdadeiras soluções para crise alimentar


Da Comunicação da Via Campesina

De 11 a 16 de outubro, em Roma, Itália, acontecerá a sessão plenária do Comitê de Segurança Alimentar Mundial da FAO. Representantes do movimento camponês internacional, a Via Campesina, estarão presentes junto com outros atores da sociedade civil para exigir verdadeiras soluções à permanente crise alimentar mundial, assim como medidas concretas para abordar os problemas da especulação em cima de produtos básicos alimentícios e a acumulação e concentração de terras.

Congresso de camponeses começa na sexta-feira em Quito


Da Página do MST

O 5º Congresso da Coordenação Latino Americana de Organizações do Campo (CLOC) e da Via Campesina na América Latina, com a presença de 84 organizações campesinas de 18 países, com um total de 1200 delegados, acontece entre 8 e 16 de outubro, na cidade de Quito, no Equador.

Para Luis Alberto Andrango, secretário-operativo da CLOC-Via Campesina, durante a realização do congresso haverá linhas de debate fundamentais sobre o contexto social e político da América Latina, que proporcionou transformações positivas no continente nos últimos anos.

Entidades promovem ato em SP pela democracia no Equador


Por Maria Mello
Da Página do MST

Movimentos sociais, sindicais e estudantis brasileiros promovem, na tarde desta sexta-feira (1/10), um ato em defesa da democracia no Equador e contra as ameaças de golpes.

A atividade, prevista para começar às 15h, em frente ao consulado equatoriano em São Paulo (veja endereço abaixo), pretende rechaçar a intenção golpista de sublevação da polícia nacional, que utiliza reivindicações sindicais para tomar com violência quartéis policiais.

Via Campesina repudia ataques e defende democracia no Equador


Da Página do MST

Leia abaixo nota da Via Campesina e da Coordenação Latino Americana de Organizações do Campo (CLOC) sobre os últimos acontecimentos no Equador.

No marco da realização de nosso V Congresso no Equador, como Coordenação Latino Americana de Organizações do Campo, CLOC – Via Campesina, fazemos eco das milhões de vozes de camponesas e camponeses de todas as regiões do Continente em rejeição aos últimos eventos suscitados na nossa nação irmã, o Equador.

“O Brasil é o país onde crescemos mais com transgênicos”


Do Valor Econômico

As sementes modificadas geneticamente já representam a maior parte dos negócios da Pioneer no mundo. O insumo gerou US$ 3,1 bilhões em receita para a empresa em 2009 – 66% do total de US$ 4,7 bilhões registrados no ano. Em volume, as sementes transgênicas já representam quase a totalidade das vendas nos grandes mercados.

Braço de sementes da multinacional americana DuPont, a Pioneer tem trabalhado fortemente suas sementes nos segmentos de soja e milho, dois carros-chefes do agronegócio internacional.

Entidades fazem ato em apoio aos Mapuche em Brasília


[img_assist|nid=10617|title=|desc=|link=none|align=center|width=640|height=427]

Por Maíra Heinen
Da Assessoria de Comunicação Cimi

Nesta quarta-feira, 22 de setembro, representantes do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e da Via Campesina realizaram ato simbólico em frente à embaixada do Chile, no Brasil.

Leia também

Entidades brasileiras fazem ato em defesa de povo chileno


Da Página do MST

Nesta quarta-feira (22/9), às 10h, entidades e movimentos sociais brasileiros – entre eles, a Via Campesina Brasil – promovem ato em frente ao Consulado do Chile em São Paulo.

As entidades manifestam sua solidariedade e preocupação com o estado de saúde dos presos políticos do Povo Mapuche que estão há mais de 60 dias em greve de fome, em defesa de seus territórios e contra a lei Antiterror que criminaliza as lutas sociais.