10 de junho de 2021

Uma educação que nasce do povo e para o povo

Uma educação que nasce do povo e para o povo

A educação popular é um instrumento de emancipação dos povos, seja ela no campo do conhecimento e da formação social, ou na construção de uma identidade que tenha como base a soberania popular.
De Lugo a Cartes: o Paraguai sem terra

De Lugo a Cartes: o Paraguai sem terra

Nos últimos três anos apenas acelerou a concentração da riqueza que já funciona há 140 anos. É a nação mais desigual do mundo em relação à concentração da terra.

Controle do agronegócio coloca em risco segurança alimentar, alerta relatório

 

Por Darío Aranda
Do Página 12


Três empresas controlam 53% do mercado mundial de sementes, seis empresas de agrotóxicos dominam 76% do setor, e dez corporações controlam 41% do mercado de fertilizantes. Com nomes próprios e cifras de lucros, um relatório internacional lança dados concretos sobre as multinacionais do agronegócio. 

Incra de Marabá diz ter ‘lavado as mãos’ e que não atuará contra o latifúndio


Por Márcio Zonta
Da Página do MST


O Superintendente Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) de Marabá, Eudério Coelho diz ter “lavado as mãos e que não atuará contra o latifúndio no Pará”.


Tal afirmação inusitada veio durante uma reunião entre Eudério Coelho e dirigentes nacional e estadual do MST no Pará, na tarde desta segunda-feira (9). 

Laudo revela contaminação de água por agrotóxicos pela indústria Nortox


Por Rafael Fantin
Do Portal Bonde


A água tratada fornecida pela Sanepar aos moradores do distrito de Aricanduva, que pertence ao município de Arapongas (Região Metropolitana de Londrina), foi contaminada por oito tipos de agrotóxicos, aponta o relatório do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente. 

Fazendas ocupadas pelo MST têm diversas irregularidades no Pará

 

Por José Batista Afonso
Advogado da CPT


Cerca de mil famílias, organizadas pelo MST, ocuparam na tarde do último domingo (8) a Fazenda Santa Tereza, localizada no município de Marabá, sudeste do Pará. O imóvel, originalmente com área de 3.600 hectares, é de propriedade da Estado do Pará. 

Os desafios do controle de agrotóxicos no Brasil



Por Leticia Rodrigues da Silva*
Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária, Gerente de Normatização e Reavaliação da ANVISA e responsável pelas reavaliações toxicológicas dos agrotóxicos


“Jamais se deve confundir uma cidade com o discurso
que a descreve”
Ítalo Calvino, Cidades Invisíveis

Acampamento denuncia problemas dos quilombolas no MA

 

Por Zema Ribeira
Do Jornal Vias de Fato

 

 

Uma aglomeração de negros na Praça D. Pedro II, no centro de São Luís. No ainda belo logradouro funcionam as sedes do Tribunal de Justiça e do executivo estadual, o Palácio dos Leões. Certamente não era o que a governadora Roseana Sarney gostaria de receber no dia de seu aniversário, no dia 1º de junho, o tal presente do título desta matéria, infame trocadilho troiano-ludovicense.

“Agrotóxicos comprometem a qualidade dos alimentos”

Da Página do MST

 

A plenária final do fórum permanente contra os agrotóxicos, realizada na Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em 3 de junho, no município de Cuiabá, no Mato Grosso, lançou uma moção para denunciar que "o uso e o nível de agrotóxicos, como fruto deste manejo sem ética, compromete a qualidade dos alimentos".

Abaixo, leia o documento.

Moção pela vida e contra os agrotóxicos
 

Governo adia punição ao latifúndio por crime ambiental

 

Do Valor

 

O governo decidiu adiar, em seis meses, o início da punição a produtores rurais em situação ambiental irregular. A presidente Dilma Rousseff assinou ontem um decreto para prorrogar, de 11 de junho para 11 de dezembro de 2011, a entrada em vigor da regulamentação da Lei de Crimes Ambientais. É terceira vez que o governo estende o prazo final para impor sanções a desmatamentos ilegais de vegetação nativa.

Brasil sem miséria é fazer Reforma Agrária

 

Editorial do Brasil de Fato

 

É louvável a iniciativa do governo de ter um plano para combater a extrema miséria existente em nosso país. Afinal, uma das dez maiores economias do planeta mantém 16,2 milhões de brasileiros vivendo com menos de R$ 70 mensais. Situação que condena essa população a viver em condições subumanas e que envergonha o país.

Crescimento não pode “custar” direitos, diz relatora da ONU

Por Maurício Hashizume Da Repórter Brasil Esforços no combate ao trabalho escravo e pioneirismo no cenário internacional reconhecidos. Não faltaram referências favoráveis ao Brasil no pronunciamento da advogada armênia Gulnara Shahinian, atual Relatora Especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Formas Contemporâneas de Escravidão, após a sua passagem de 12 dias.

Ambientalistas trabalham para adiar votação

De O Globo BRASÍLIA. Numa sessão menos tensa que a do dia anterior, marcada por bate-boca entre os parlamentares, o deputado Aldo Rebelo (PCdoBSP) concluiu ontem a leitura de seu parecer com sugestões de mudanças no código florestal. A bancada ruralista, favorável ao texto, trabalha para aprová-lo ainda este mês na comissão que analisa mudanças na lei ambiental, abrindo caminho para a apreciação em plenário.

Redução de reserva legal anula meta nacional de CO2

Da Folha de S.Paulo Se aprovada pelo Congresso Nacional, a proposta de reforma do código florestal apresentada anteontem pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) poderia provocar a emissão de 25 bilhões a 31 bilhões de toneladas de gás carbônico só na Amazônia. A cifra representa pelo menos seis vezes a redução estimada de emissões por desmatamento que o Brasil se propôs a cumprir, e impediria o país de cumprir a meta assumida antes da conferência do clima de Copenhague. O cálculo, preliminar, foi feito pelas ONGs Greenpeace e Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia).

“A escravidão é pior hoje”

Por Por Daniel Santini daniel.santini@folhauniversal.com.br Da Folha Universal A advogada armênia Gulnara Shahinian, relatora especial sobre escravidão do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) visitou o Brasil em maio. Convidada, ela participou do 1º Encontro Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo e informou-se sobre a resistência no Congresso Nacional à Proposta de Emenda à Constituição do Trabalho Escravo (PEC 438) que prevê que terras de escravocratas sejam destinadas à reforma agrária.

Área de ex-governador e chiqueiro abrigavam escravos em SC

Por Bianca Pyl Da Repórter Brasil Operações conjuntas da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Santa Catarina (SRTE/SC) com Ministério Público do Trabalho (MPT) libertaram mais de 165 trabalhadores de duas propriedades em Santa Catarina. Uma delas pertence ao ex-governador Henrique Helion Velho de Córdova, que esteve à frente da administração estadual de 1982 a 1983, pelo já extinto Partido Democrático Social (PDS) - criado a partir de ex-integrantes da Arena e que depois veio a originar o Partido da Frente Liberal (PFL) hoje reunido como Democratas (DEM).

Em Alagoas, jornada de lutas do MST resulta em agenda positiva

Após as ações da Jornada Nacional em Defesa da Educação, do Pronera (Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária) e da Reforma Agrária em Alagoas e outros 14 Estados, o MST garantiu avanços para a educação no campo e para…

Movimentos do campo bloqueiam BR 367 em Minas Gerais

Na manhã da quarta-feira (10/6), movimentos sociais ligados à Via Campesina bloquearam a BR 367 no trecho entre Itaobim e Jequitinhonha, no Vale do Jequitinhonha, região nordeste de Minas Gerais. A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela…

A luta para além da terra

Crise, desemprego, concentração de renda, fundiária etc. Estes são alguns dos elementos que fazem parte deste momento da História. No campo, o agronegócio tem acesso a recursos públicos e o caminho aberto para suas práticas ilegais e destrutivas. Por outro lado, 4 milhões de sem-terra disputam algum espaço nas já inchadas periferias urbanas e em acampamentos pelo Brasil. O que apontar para a nossa atuação no próximo período? Por qual Reforma Agrária lutamos?

Manifestantes entregam carta de repúdio ao embaixador do Peru

Os participantes do Simpósio Internacional Mudanças Climáticas e Justiça Social – que aconteceu nesta semana em Brasília – entregaram carta ao Embaixador do Peru no Brasil, Hugo de Zela, em repúdio ao massacre promovido pelo governo do presidente Alan Garcia…

Integrantes do MAB são soltos após 44 dias de prisão

Após 44 dias de prisão, os quatros integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) foram soltos no Pará, nesta terça-feira (9/6). Os trabalhadores estavam presos em razão de um protesto, feito no dia 26 de abril, na Usina Hidrelétrica…

Polícia reprime manifestação contra barragem da Votorantim em SP

Cerca de 600 trabalhadores rurais da Via Campesina e integrantes da Assembléia Popular ocuparam prédio da Votorantim, no centro de São Paulo, para denunciar os impactos ambientais da construção da barragem de Tijuco Alto, no Rio Ribeira de Iguape, que…

Protesto na Assembléia Legislativa de MG é reprimido por seguranças

Seguranças da Assembléia Legislativa tentaram impedir a entrada dos 500 trabalhadores e trabalhadoras da Assembléia Popular no plenário onde ocorria o Seminário Minas de Minas. Os 10 trabalhadores que conseguiram entrar foram duramente golpeados pelos seguranças e dois ficaram bastante…

Atingidos por barragem em Tocantins trancam ferrovia da Vale

Desde a noite de ontem (09/06), atingidos pela usina hidrelétrica de Estreito trancam a estrada de ferro da Vale do Rio Doce, no município de Darcinópolis, em Tocantins. Cerca de 400 pessoas paralisam o tráfego do trem que abastece as…

Movimentos sociais ocupam hidrelétrica de Xingó

Cerca de mil trabalhadores rurais, ligados a diversas organizações populares – Via Campesina, Comissão Pastoral da Terra (CPT) e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e pescadores artesanais) – realizaram hoje um protesto na Hidrelétrica de Xingó, em Piranhas, a 280 quilômetros…

MAB e Via Campesina ocupam barragens da Suez no PR

Cerca de 300 agricultores do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) e da Via Campesina estão acampados na hidrelétrica de Salto Santiago, no Paraná, em protesto contra a transnacional franco-belga Suez-Tractebel, dona da barragem. Outra hidrelétrica da Suez, a UHE…

Trabalhadores paralisam construção de usina no Pontal

Na manhã de hoje, 450 trabalhadores da Via Campesina ocuparam uma fazenda no município de Mirante do Paranapanema. Na área, a Organização Odebrecht está construindo a usina Conquista do Pontal, que terá como finalidade a produção de etanol. A mobilização…

QUEREMOS PRODUZIR ALIMENTOS

O atual modelo econômico, baseado no agronegócio e no capital financeiro, quer transformar os alimentos, as sementes e todos os recursos naturais em mercadoria para atender os interesses, o lucro e a ganância das grandes empresas transnacionais. Para isso, esses…

Polícia reprime manifestação contra as transnacionais no RS

Cinco agricultores foram agredidas pela Brigada Militar e sofreram queimaduras com bombas de gás lacrimogêneo, nesta manhã, na área da Bunge, em Passo Fundo, no rio Grande do Sul. A violência aconteceu no momento que os agricultores e agricultoras iniciavam…

Via Campesina ocupa porto no Ceará

Cerca de mil trabalhadores rurais ocupam, desde às 5h desta terça-feira, 10, o Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana do Ceará. A ocupação paralizou as áreas de carga e descarga do terminal e faz parte da…

Trabalhadores protestam contra expansão da cana no ES

Cerca de 500 trabalhadores da Via Campesina realizam um protesto contra a expansão do monocultivo da cana-de-açúcar no ES. A mobilização está ocorrendo no município de Montanha, onde será instalada uma nova usina, pertencente à empresa estrangeira Infinity Bio-Energy, companhia…

Integrantes da Via Campesina ocupam Barragem de Itá

Cerca de 300 trabalhadores rurais ocuparam, na manhã desta terça-feira (10/06), as instalações da Usina Hidrelétrica de Itá, na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A usina pertence à transnacional franco-belga Suez-Tractebel e a ação…

“Especulação causa crise dos alimentos”

Por Igor Felippe Santos O integrante da coordenação nacional do MST, Egidio Brunetto, analisa que especulação financeira causou a elevação dos preços dos alimentos no mundo. “Os produtos agrícolas passaram a ser commodities, que agora são vendidas nas bolsas de valores em ações. Grandes especuladores controlam 60% do trigo, por exemplo. A alta do preço dos produtos agrícolas tem origem na especulação financeira”, afirma.

Via Campesina ocupa fazenda de cana na Paraíba

Na madrugada desta terça-feira (10/06) mais de 200 trabalhadores rurais da Via Campesina, ocuparam a Fazenda Nossa Senhora de Lourdes localizada a 5km da cidade de Mari ,propriedade de Carlos Ribeiro Coutinho. Essa fazenda possui 1100 hectares todo tomado pela…

Vale assume transposição de trilhos em ferrovia de Minas Gerais

Uma comissão da Assembléia Popular se reuniu no final da manhã de hoje com José Osvaldo e Raquel Nascimento, representantes da FCA (Ferrovia Centro Atlântica) e da Vale. A comissão apresentou como pauta a exigência da transposição dos trilhos. Os…

Trabalhadores protestam contra monocultura em PE

Começou nesta terça-feira a Jornada Nacional de Luta da Via Campesina Brasil. Agricultores e agricultoras de todos os Movimentos que fazem parte da Via Campesina estão se mobilizando em todo o país por trabalho, alimento, um novo modelo agrícola e…

Assembléia Popular denuncia mortes causadas por trem da Vale em MG

Mais de 500 pessoas participantes da Assembléia Popular bloquearam a linha férrea da mineradora Vale, na altura do bairro São Geraldo, em Belo Horizonte, para denunciar os problemas causados pela passagem do trem. O trem bloqueia a passagem de veículos…

Está quase tudo pronto para o 5º Congresso Nacional do MST

Ana Claudia Mielki de Brasília Nem o sol a pino, nem a alta temperatura registrada nesse domingo em Brasília preocupou as centenas de pessoas que ajudavam a montar toda a estrutura do 5º Congresso do MST. Aos poucos os barracões…

Sem Terrinha participam das discussões do 5º Congresso

Ana Claudia Mielki de Brasília Aos poucos as barracas começam a formar um grande camping coletivo, que contará, inclusive, com um espaço de participação exclusivo para as crianças. A Escola Itinerante Paulo Freire deve receber cerca de 1,5 mil Sem…

Oficinas promovem troca de experiência orgânica

Fonte Boletim da Jornada de Agroecologia A 5ª Jornada de Agroecologia, com o tema “Construindo o Projeto Popular e Soberano para Agricultura” trouxe para Cascavel (PR) experiências e conhecimentos adquiridos com o uso da produção agroecológica – sem agrotóxicos –…

Famílias sem-teto deixam ocupação em Taboão da Serra (SP)

Por Clara Meireles Fonte Agência Notícias do Planalto Nessa sexta-feira, as famílias do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), em Taboão da Serra, na grande São Paulo, sofreram um despejo de terreno que ocupavam há oito meses. Das 860 famílias…

Ministério do Meio Ambiente quer barrar algodão transgênico

Fonte Agência Chasque O Ministério do Meio Ambiente quer que o plantio de sementes de algodão transgênico Bollgard seja novamente reavaliado pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança. Um parecer técnico foi encomendado ao departamento jurídico do Ministério da Ciência e…

MST colhe feijão da “Ação da Cidadania” no Paraná

Maurício Borges/GP, do Jornal de Londrina O Assentamento Dorcelina Folador, em Arapongas, recebeu ontem centenas de visitantes para a Festa da Colheita do Feijão. O evento reuniu acampados e assentados de todo o norte do estado, além de integrantes das…