1 de março de 2021

Nova chamada pública fortalece Programa de Aquisição de Alimentos

 

Por Iris Pacheco
Da Página do MST



A atual estrutura de produção agrícola do Brasil, que prioriza o agronegócio, não atende às necessidades da agricultura familiar.

O atual modelo agrícola é baseado no latifúndio, no plantio de monoculturas para exportação, na mecanização que expulsa as famílias do campo e nos agrotóxicos.

Stedile participa de debate sobre ruralismo na política brasileira em SP

 

Do Catraca Livre

 

No dia 5 de março, será realizado um debate sobre o livro “Partido da Terra - Como os políticos conquistam o território brasileiro”, que trata do ruralismo na política brasileira. O encontro acontecerá a partir das 19h30, na Sala Crisantempo, na Rua Fidalga, 521, em São Paulo.

Trem de combustível da Vale descarrila e pode contaminar Rio Pindaré no MA


Por Reynaldo Costa
Da Página do MST

Na madrugada desta sexta-feira (1), um trem de combustível da mineradora Vale descarrilou próximo à comunidade Vila Labote, no município de Buriticupu (MA).

A Vale está impedindo filmagens e fotografias no local. Num único comunicado, a empresa apenas lamenta o ocorrido e diz que não haverá danos ambientais. No entanto, informações locais falam na queda de 11 vagões de combustíveis e que estão provocando derramamento de óleo no Rio.

Comunidades tradicionais defendem o direito à terra e ao território


Do Brasil de Fato

Os representantes de comunidades tradicionais que participaram, desde a segunda-feira (25), do seminário “Os Territórios das Comunidades Tradicionais e o Estado Brasileiro”, reafirmaram, de forma unânime, que sua principal luta é a garantia de seus territórios.

“Nós não precisamos de bolsa família, precisamos ter nosso território livre”, afirmaram indígenas, quilombolas, ribeirinhos, fundos de pasto, seringueiros, entre outros, durante o encontro realizado em Luiziânia (GO), que terminou nesta quinta-feira (28).

Mulheres camponesas ocupam fazenda da Suzano no Sul da Bahia

 

Da Página do MST

 

Mais de 1.100 mulheres camponesas de acampamentos e assentamentos do MST no Sul da Bahia ocuparam a fazenda Esperança, localizada no município de Alcobaça, de propriedade da empresa paulista Suzano Papel Celulose, na manhã desta quinta-feira (1/3).

Camponesas fazem protestos em seis estados


Da Página do MST

Em todo o Brasil, as mulheres da Via Campesina deflagraram a Jornada de Lutas das Mulheres para denunciar a utilização excessiva de agrotóxicos nas lavouras brasileiras, responsabilidade do modelo de produção do agronegócio.

Até o momento, são seis estados mobilizados para denunciar os efeitos nocivos para a saúde e meio ambiente da utilização anual de mais de um bilhão de litros de venenos, de acordo com dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Defesa Agrícola.

O Brasil na contramão da história: um celeiro para os agrotóxicos


Da Página do MST

 

O Brasil é hoje um dos grandes celeiros de produção e industrialização de agrotóxicos, inclusive de agentes contaminantes totalmente nocivos a saúde humana, animal e vegetal, os quais já foram proibidos em outros países do mundo.

Por isso, estamos nas ruas para denunciarmos os crimes ambientais e sociais das empresas de agrotóxicos e também a extrema gravidade que vivemos na agricultura com o modelo do agronegócio.

Estado e governos financiam comércio de venenos agrícolas


Da Página do MST


O governo tem se tornado um forte aliado do setor de agrotóxicos no Brasil.

Além do financiamento publico para as empresas, o governo fortalece esse mercado através de incentivos fiscais com a isenção de 60% dos impostos como: CONFINS, PIS/PASEP, concedidas pelos decretos federais nº 6.006 e nº 5.195.

Em alguns Estados, como o Ceará, a isenção é de 100% sobre a produção e comercialização dos agrotóxicos.

Saiba os compromissos das mulheres camponesas


Da Página do MST
 

Saiba os compromissos das mulheres camponesas com a terra, a agricultura e com o Brasil:

*A lutar por justiça ambiental, pela reforma agrária, e em defesa da agricultura camponesa.

*A desenvolver formas de uso sustentável dos recursos naturais e experiências que contribuam para a construção de um novo projeto para o campo brasileiro baseado na agroecologia.

O que queremos com a jornada de lutas das mulheres


Da Pàgina do MST
 

O que queremos com a jornada de lutas das mulheres de 2011:

* Que o Governo Federal crie a Lei Federal que proíbe a Pulverização Aérea de Agrotóxicos: Lei Zé Maria do Tomé 

*Que os órgãos governamentais e jurídicos (IBAMA, ANVISA, etc.) cumpram de fato o seu papel de monitorar e de punir as empresas que cometem irregularidades e banir venenos já proibidos em outros países;

Mulheres protestam em frente ao Palácio da Justiça no RS


Da Página do MST

As cerca de 1.000 mulheres da Via Campesina, Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD), Levante da Juventude e Intersindical protestam, neste momento, em frente ao Plácio da Justiça, na Praça da Matriz.

Mulheres fecham a ponte entre Juazeiro e Petrolina


Da Página do MST

Dando continuidade às mobilizações da Jornada Nacional de Luta das Mulheres da Via Campesina, cerca de 800 trabalhadoras rurais ligadas ao MST, ao Movimento de Pequenos Agricultores (MPA), ao Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB) e à Comissão Pastoral da Terra (CPT) marcharam na manhã desta terça-feira (1/3) de Juazeiro (BA) a Petrolina (PE), trancando a ponte que liga os dois municípios.

Acampamento reúne mil mulheres contra agrotóxicos em SE


Da Página do MST

De 1º a 3 de março, cerca de 1.000 mulheres, trabalhadoras rurais de todo o Estado, se mobilizam no Acampamento de Mulheres, em torno do Dia Internacional de Luta das Mulheres, em Aracaju (SE), na Praça da Bandeira.

O samba em movimento de luta


Por Rosana Santos

Militante do MST-SP
Especial para a Página do MST

 

A Unidos da Lona Preta é a escola de samba do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Todos os anos nos reunimos para fazer um carnaval diferente, onde o estudo da nossa realidade, a diversão e a cultura de nosso povo se encontram. Nesta brincadeira todos podem participar: crianças, adultos, idosos, homens e mulheres. Seja morador de Jandira ou seja morador do mundo, o importante é ter samba na veia.

Unidos da Lona Preta, uma batucada do povo brasileiro


De Unidos da Lona Preta


Foi Candeia quem avisou: outra escola de samba é possível. Eram meados da década de 1970, e as escolas de samba já haviam entrado no circuito da mercantilização e na ditadura do visual. Processos estes que, com o passar do tempo, viriam a se aprofundar.

Candeia, bom sambista que era, não gostou. Fundou ele mesmo uma escola de samba, a G.R.A.N. Quilombo, cujo objetivo principal era defender a participação do povo com suas manifestações culturais dentro das escolas de samba.

Mulheres trabalhadoras do RS lançam manifesto

 
Da Página do MST

Leia o manifesto da jornada das mulheres da da Via Campesina, Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD) e do Levante da Juventude, lançado nesta terça-feira (1/3).


Manifesto político das mulheres trabalhadoras do campo e da cidade

Via Campesina cria coletivo contra novo Código Florestal


Da Radioagência NP


O Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos) e os movimentos sociais que compõem a Via Campesina anunciaram a criação de um coletivo que atuará na defesa de propostas para o substitutivo Código Florestal. O principal objetivo é garantir a adoção de medidas que fortaleçam a agricultura familiar e garantam a preservação ambiental.

Sindicato questiona censura a pesquisadores da Embrapa


Da Comunicação do Sinpaf

O presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf), Vicente Almeida, enviou carta ao ministro da Agricultura, Wagner Rossi, solicitando uma audiência para tratar da denúncia de cerceamento à livre manifestação científica dos pesquisadores da Embrapa.

No Maranhão, movimentos protestam contra desmonte do Código Florestal brasileiro

Nesta terça-feira (2/3), movimentos sociais e ambientalistas da região sudeste do Maranhão - entre eles o MST - protestarão contra a tentativa de mudanças nas leis ambientais que compõem o Código Florestal brasileiro. O ato acontece em frente à Câmara de Vereadores de Imperatriz, às 9h. No local, haverá uma audiência pública organizada por ruralistas da região e a Comissão de Parlamentares encarregada da temática.

Agroquímicos: os venenos continuam à nossa mesa

Por Henrique Cortez* Já discuti este tema antes, mas, diante do continuado crime de nosso envenenamento alimentar, acho necessário retomar a discussão e atualizar as informações e referências. A agricultura "tradicional" se orgulha de produzir alimentos mais do que suficientes para alimentar o planeta e a indústria química se orgulha de ter desenvolvido os insumos utilizados para isto. Devemos nos perguntar qual é o real custo social, ambiental e de saúde desta grande produção ‘aditivada’ com agroquímicos. Quem arca com as conseqüências e quem realmente paga por isto?

Entidades exigem que FAO não incentive transgênicos

Da Adital O apoio a biotecnologias agrícolas e a sua utilização será o tema central da "Conferência Técnica Internacional sobre Biotecnologias agrícolas nos países em desenvolvimento", que acontecerá entre os dias 1 e 4 de março, em Guadalajara, no México. O evento foi convocado pela Organização das Nações Unidas para a agricultura (FAO, por sua sigla em inglês) e está despertando o descontentamento de entidades nacionais e internacionais, sob o argumento de que a real intenção do evento é incentivar o cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM).

“Latifúndio abriu guerra ao MST porque se sente ameaçado”

Por Emanuel Cancella* Os militantes do MST que se mobilizam pela Reforma Agrária e lutam para melhorar a vida de todos os brasileiros estão sendo presos. A Reforma Agrária está prevista na Constituição Federal. O legislador constitucional teve visão de nação quando fez a lei que objetiva barrar o êxodo rural, gerar emprego e renda no campo, assentar o povo no campo para barrar o processo de favelização e aumentar a produção de alimentos.

CPT sofre perseguição no sul do Maranhão

Desde o início deste ano, a Comissão Pastoral da Terra (CPT) - reconhecida por sua importância na luta pela Reforma Agrária e no enfrentamento aos conflitos no campo - vem sofrendo perseguições no sul do Maranhão por parte do Judiciário local. A agressão à entidade se deu por conta de fatos ocorridos em Balsas - berço do agronegócio no estado - quando esta cumpria sua missão de presença solidária, acompanhando pessoas em situação de abandono. O promotor de justiça Rosalvo Bezerra de Lima Filho é o autor das denúncias contra a CPT.

Prisão de Sem Terra revela truculência do governo de Alagoas

No último sábado (27/2), cerca de cem famílias ligadas ao MST reocuparam a fazenda Capim, em Inhapi (aproximadamente 275 km de Maceió). As famílias haviam sido despejadas do imóvel por ação da Polícia Militar no dia 2 de fevereiro, quando o governo do estado descumpriu o acordo firmado com o MST e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em dezembro de 2009, durante ocupação da Secretaria de Agricultura.

MST ocupa latifúndio improdutivo em Itatiba

Cerca de 300 famílias do Acampamento Comuna da Terra Che Guevara, ocuparam a Fazenda Haras Rosa do Sul, no município de Itatiba (região da Grande São Paulo), na manhã de sábado (01/03). O latifúndio de 300 hectares, localizado no km…

MST realiza ato contra reintegração de posse no Paraná

Cerca de 1000 trabalhadores do MST do Paraná, realizaram hoje, dia 1°, um ato público em frente a prefeitura de Diamante do Oeste, na região Oeste do Paraná, em protesto à reintegração de posse da Agropecuária Três Pontos, também conhecida…

Brasil tentará impulsionar Rodada Doha durante visita de Bush

Mylena Fiori Agência Brasil O Brasil deve aproveitar a visita do presidente norte-americano, George Bush, em 8 e 9 de março, para tentar impulsionar as negociações da Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC), travadas desde julho do ano…

Violência contra pobres, maior problema de direitos humanos

José Carlos Mattedi Agência Brasil A violência contra a população mais pobre é o principal problema dos direitos humanos no país, na opinião de Daniel Rech, da Rede Parceiros de Miséria no Brasil e um dos coordenadores do livro Direitos…

Violência no campo foi maior no governo Lula

Raquel Casiraghi Agência Chasque Ao contrário do que organizações sociais e movimentos de direitos humanos esperavam, os conflitos e os casos de violência no meio rural cresceram nos três primeiro anos do governo Lula. A constatação está no livro Direitos…

Violência no campo aumentou no governo Lula

Raquel Casiraghi Agência Chasque Ao contrário do que organizações sociais e movimentos de direitos humanos esperavam, os conflitos e os casos de violência no meio rural cresceram nos três primeiro anos do governo Lula. A constatação está no livro Direitos…

20 anos depois, acusado do assassinato de padre Josimo será ouvido

Acusado de participar do conluio para assassinar padre Josimo Morais Tavares, o juiz aposentado e procurador do município de Araguaína, João Batista de Castro Neto, será interrogado amanhã, dia 2, no Fórum de Justiça de Araguaína, Tocantins. A 1ª Promotoria…

Chávez, Fidel e MST criticam produção de etanol

Claudia Jardim de Caracas A poucos dias da visita do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, à América Latina, os presidentes de Venezuela, Hugo Chávez, e Cuba, Fidel Castro criticaram a utilização do etanol como alternativa ao petróleo. O…

Fórum Nyéléni 2007 reforça luta contra neoliberalismo

Dafne Melo enviada especial a Selingue (Mali) Depois de cinco dias de debates, reuniões e troca de experiências, chegou ao fim na terça-feira, 28, o Fórum Mundial pela Soberania Alimentar. Além de uma agenda de ações, os cerca de 600…

Colômbia: entre surpresas e semelhanças

Latinautas* Agência Carta Maior Oitavo país visitado pelos Latinautas, a Colômbia vive o segundo mandato de Alvaro Uribe, presidente que obtém popularidade pela sensação de segurança que se espalha pelo país totalmente alinhado com as forças de dominação americanas, em…

Decisão sobre o terreno da UNE deve sair em 20 dias

Foi realizada onte, dia 28, mais uma audiência sobre o terreno da UNE, no Flamengo. A entidade apresentou testemunhas que confirmaram a não existência de moradores, mas apenas uma atividade ilegal. Diante disso, o juiz do caso afirmou que em…

Agroecologia Militante

Coletânea de textos referentes a ecologia, biodiesel, agroecologia e organizações sociais. Carrega os aspectos de seu recém-falecido autor, unindo o seu critério da preocupação científica à militancia social junto ao trabalhador rural. Autor: Ivani Guterres ISBN: 85-7743-013-8 Número de páginas:…

A falácia da vocação para o trabalho rural

Por Kelli Mafort Em artigo publicado recentemente em alguns jornais de Ribeirão Preto, nordeste de São Paulo, um conhecido comunicador defendeu a vocação como dom de Deus: uns nascem para varrer rua e outros para serem magnatas do agronegócio. A…