Dia 19 de abril de 2023

Quem tem medo da Reforma Agrária?

Artigo denuncia a criminalização das organizações do campo e aponta a Reforma Agrária como indispensável para produção de alimentos saudáveis, a superação da fome e do agronegócio
Como uma Muralha

Como uma Muralha

Na quinta noite do acampamento, nossos inimigos passaram em frente a Casa da Memória e atiraram pra cima. Algozes do latifúndio usando a linguagem armada que tão bem conhece a Curva do S
Opinião: "Estamos bem arrumados!"

Opinião: “Estamos bem arrumados!”

Uma pergunta: por que o mesmo tribunal não julgou até agora o presidente da Câmara dos Deputados? Está lá como réu desde janeiro do ano em curso...

Sem-teto promovem ato em apoio ao MST em Curitiba

 

 

 

Da Gazeta do Povo

Integrantes o Movimento de Luta por Moradia (MPM) da capital paranaense promovem uma marcha na manhã desta sexta-feira (19) na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). A manifestação ocorre em apoio aos protestos promovidos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que são realizados em todo o país desde a última segunda-feira (15).

MST faz ato na embaixada da Venezuela em apoio ao povo venezuelano


Da Página do MST

Nesta sexta-feira (19), o Acampamento Nacional Hugo Chávez realiza um ato na Embaixada da Venezuela em Brasília, em apoio à eleição de Nicolás Maduro e solidariedade ao povo venezuelano, às 15h30.

“A democracia venezuelana escolheu Maduro para presidente daquele país. Os atos contrários a esse reconhecimento é um atentado à soberania do povo venezuelano e atingem a toda América Latina e Caribe”, disse Alexandre Conceição, integrante da coordenação nacional do MST.

Sem Terra no Pará vivem sob a ameaça da bala e dos venenos


Por Fabíola Ortiz
Da Terramérica/IPS

Sob o sol abrasador e a umidade do clima amazônico, Waldemar dos Santos, de 60 anos, cuida da horta comunitária de camponeses sem terra no Estado do Pará, à espera de que a reforma agrária lhe proporcione uma vida melhor. “Meu sonho é um terreninho. Nosso desejo é acabar com a fome neste país, que está caindo montanha abaixo pela necessidade”, disse ao Terramérica o camponês natural da Bahia, que ainda criança, para fugir da seca, emigrou para o Pará.

CPT lança relatório sobre conflitos no campo 2012 em Brasília


Da CPT


Na próxima segunda-feira (22), a Comissão Pastoral da Terra (CPT) lança sua publicação anual, Conflitos no Campo Brasil 2012. É a 28ª edição do relatório que concentra dados sobre os conflitos, violências sofridas pelos trabalhadores e trabalhadoras rurais, e pelos povos tradicionais, em todo o país.

Intelectuais entregam à Presidência manifesto a favor da Reforma Agrária


Rodrigo Otávio
Da Carta Maior



Rio de Janeiro - Professores e pesquisadores da questão agrária e do campesinato de diferentes instituições do Brasil entregaram na segunda-feira (16), ao ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o “Manifesto de Intelectuais em Apoio à Declaração das Organizações Sociais do Campo”. A entrega foi feita durante reunião com Carvalho na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Trabalhadores rurais ocupam Incra por Reforma Agrária em Mato Grosso


 

Por Vanessa Ramos
Da Página do MST


 

Pela manhã dessa quinta-feira (19), trabalhadores rurais fecharam a BR-163, que liga Cuiabá a Santarém, em Mato Grosso. Às 11h30min, cerca de 300 pessoas ocuparam a sede do Incra no estado. As ações foram mais uma retaliação à falta de comprometimento total do governo com a Reforma Agrária no país.

Sem Terra fazem vigília em frente ao Incra de Florianópolis por Reforma Agrária

 

 

Por José Coutinho Júnior
Da Página do MST


Os 400 militantes do MST, que se encontram desde o dia 16 realizando diversos atos em Florianópolis como parte da Jornada de Lutas, estão em vigília hoje (19) em frente ao prédio do Incra, no centro da capital. Ocorrem falas dos integrantes do movimento, gritos de ordem e uma seleção de músicas tocadas ao vivo pela equipe de animação da Jornada. A vigília irá durar até as 19 horas de hoje.

MST faz vigília em frente ao Incra e ao Ministério do Trabalho em Curitiba




Do Setor de Comunicação e Cultura - MST/PR
Da Página do MST


O MST fará hoje, às 13h, vigília em frente à superintendência estadual do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Curitiba. “O objetivo é pressionar o governo federal para que se desenrole as questões referentes à Brasília”, diz Armelindo Rosa da Maia, membro da coordenação estadual do MST.

Prédio do Banco do Nordeste é ocupado por Sem Terra em Alagoas


Da Página do MST

 

Na manhã desta quinta-feira (19), trabalhadores rurais do MST ocuparam o prédio da superintendência do Banco do Norte, no Centro de Maceió. Os Sem Terra que estavam acampados na Praça da Faculdade, no bairro do Prado, seguiram em marcha até o órgão.

Número de assassinatos cresce em 2010

 

Da Comunicação CPT



No ano de 2010, foram registrados 1.186 conflitos no campo brasileiro, dois a mais do que em 2009, 1.184. Este crescimento se deu pelo número de conflitos registrados no Nordeste, que passaram de 320, em 2009, para 440, em 2010, um aumento de 37,5%. Nas demais regiões houve queda na ocorrência de conflitos.

Assentados de nove estados cursam medicina veterinária na UFPel

 

Por Bianca Costa
Da Página do MST

 

 

Os estudantes Sem Terra da 1ª turma de Medicina Veterinária para trabalhadores do campo fizeram compromisso com a Reforma Agrária, na última quarta-feira (14), na aula inaugural na Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

A turma é composta por trabalhadores de nove estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Ceará, Espírito Santo e Maranhão, sendo 17 mulheres e 43 homens.

MST e lideranças de bairros fazem ato público em Cuiabá

 

Por Caio Bob

 

Uma comissão representada pelo MST, Rede de Educação Cidadã e lideranças dos bairros de Cuiabá esteve em reunião com o prefeito Chico Galindo (PTB).

Na reunião foi apresentada ao prefeito a pauta de reivindicação do movimento, que discute a melhoria dos serviços públicos prestados, como saneamento básico, educação, saúde entre outros.

Em ato organizado na manhã de terça-feira (19), cerca de 200 pessoas protestaram em frente ao Palácio Alencastro, sede do governo da capital.

“Ocupação em Piranhas está em paz”, diz dirigente do MST

 

Por Rafael Soriano
Da Pàgina do MST



As 150 famílias organizadas no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), acampadas na fazenda Luíx Xavier, em Piranhas, no sertão de Alagoas, ergueram seus barracos de lona para iniciarem um novo cotidiano.

Ato ecumênico, político e cultural marca 17 de abril no Pará

 

Por Márcio Zonta
De Eldorado dos Carajás (PA)

 


“As castanheiras lembram... E você?”. Foi dessa forma que aproximadamente 600 pessoas chegaram entoando a frase no ato político, ecumênico e cultural realizado no dia 17 de abril, no domingo pela manhã “na curva do S”.

Agronegócio tem plano de aquisição de terras dependente do capital estrangeiro


Por Alexandre Inacio
Do Valor Online



Para atender a demanda nacional e internacional do mercado de commodities agrícolas nos próximos dez anos, o Brasil precisará expandir sua área plantada em pelo menos 11,2 milhões de hectares.

Para financiar a aquisição de terras, formação das lavouras e implantação da infraestrutura básica serão necessários recursos da ordem de R$ 93,5 bilhões, segundo estudo conjunto realizado pela Agroconsult e pela MB Agro.

Mudança no Código Florestal beneficia diretamente 18 parlamentares ruralistas

 

Do Correio Braziliense

 

Proposta do novo Código Florestal beneficia 15 deputados e três senadores com anistia de multa ambiental. Todos são da bancada ruralista, que defende a votação da proposta até o fim do semestre.

Se for aprovado no Congresso com todas as alterações previstas, o novo Código Florestal Brasileiro beneficiará pelo menos 15 deputados federais e três senadores integrantes da bancada ruralista, que faz forte lobby para que a proposta entre em  votação no plenário da Câmara ainda neste semestre.

“Cidade não vai dar conta de empregar todo mundo”

 

Do IHU On-Line


 
“Não há uma crise no Movimento dos Trabalhadores Sem Terra”, diz o professor Bernardo Mançano Fernandes, em entrevista à IHU On-Line. A crise, para ele, está centralizada na pequena agricultura “em função do domínio do modelo na agricultura pelo agronegócio”.

Superintendência do Incra é ocupada em Rondônia

Na manhã desta segunda-feira, o MST ocupou a superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Porto Velho (RO). Cerca de 250 Sem Terra de acampamentos e assentamentos discutiram com órgãos locais as pautas nacional e estadual do Movimento. As mobilizações em Rondônia seguem até a próxima sexta-feira (23/4), e no sábado (24/4) acontece o encontro dos amigos e amigas do MST no estado.

MST discute reivindicações com governo federal nesta terça

O MST participa de audiências com o governo federal para discutir a pauta de reivindicações dos acampados e assentados, nesta terça-feira (20/4), depois das mobilizações por todo o país na Jornada de Lutas pela Reforma Agrária. O Movimento será recebido pelo ministro do Planejamento Paulo Bernardo, às 11h, na sede do ministério. Depois, às 14h, acontece reunião com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, com a presença do presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Rolf Hackbart.

Sem Terra ocupam sedes do Incra em 6 estados e em Brasília

O MST ocupou a sede nacional do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em Brasília, e mais as superintendências em São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Piauí e Paraíba, nesta segunda-feira (19/4), na Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária. O movimento mantém ocupada também a sede do Incra em Pernambuco, desde sábado.

MST faz ato por Reforma Agrária no Rio de Janeiro nesta terça

Nesta terça-feira (20/4), às 12h, trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra que ocupam o Incra do Rio de Janeiro promovem um ato de apoio à Reforma Agrária. O ato faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, que este ano traz o lema ‘Lutar não é crime’. Segue abaixo a convocatória para o ato. ÀS ENTIDADES E PESSOAS AMIGAS DO MST

“Vamos seguir mobilizados aqui no Pará”, afirma dirigente estadual

O MST ocupou, na manhã desta segunda-feira (19/4), a sede da Superintendência do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Belém, como parte das ações da Jornada de Luta Nacional Pela Reforma Agrária, com 500 Sem Terra de acampamentos e assentamentos do Pará. A pauta do Movimento foi apresentada ao superintendente regional do Incra Elielson Silva, pela manhã, mas não houve avanços na negociação. “Não deram respostas às nossas demandas”, disse Ulisses Manaças, da coordenação do Movimento.

CPT: cresce a violência do latifúndio contra camponeses

Esta 25ª edição de Conflitos no Campo Brasil, lançada em 15/4, não tem nada de comemorativo, pois apresenta crescimento tanto do número de conflitos envolvendo camponeses e trabalhadores do campo, quanto da violência em relação ao ano anterior de 2008. O número total de conflitos soma 1184, contra 1.170, em 2008, com aumento considerável em relação especificamente aos conflitos por terra, 854 em 2009, 751 em 2008.

Sem Terra do Piauí também ocupam Incra

Na manhã desta segunda-feira (19/4), cerca de 400 Sem Terra ocuparam a superintendência regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Teresina, no Piauí. Foi realizada também uma manifestação em frente ao Ministério da Justiça Federal. Nesta terça (20/4), o MST promove audiência pública na Assembléia Legislativa para discutir a criminalização dos movimentos sociais e o aniversário do Massacre de Eldorado dos Carajás. Na quarta-feira (21/4), os Sem Terra realizam uma ação de solidariedade de doação de sangue na cidade.

Lutar não é crime: lançamento da Marcha do MST em SC

Como parte integrante da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, o MST realiza uma grande marcha em Santa Catarina. Após quilômetros de caminhada, a marcha visita uma aldeia indígena Guarani em seu caminho rumo a Florianópolis.

MST ocupa Incra em SP

Dando continuidade à Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, cerca de 500 trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra ocuparam, na manhã desta segunda-feira (19/4), a superintendência regional do Incra de São Paulo.

MST ocupa Incra no Rio de Janeiro

Na manhã desta segunda (19/4), cerca de 400 famílias ocuparam a sede da superintendência do Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no centro do Rio. As famílias permanecem acampadas na capital por tempo indeterminado.

Sem Terra ocupam sede nacional do Incra

Mais de 700 integrantes do MST ocupam, neste momento, a sede nacional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Brasília. A ação cobra os compromissos assumidos pelo governo federal depois da jornada de agosto, que ainda não foram cumpridos.

Sem Terra acampados no Incra ocupam as ruas de Recife

Cerca de 2 mil trabalhadores rurais Sem Terra acampados na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) desde sábado (17/4) saíram em marcha na manhã de hoje (19/4) e ocuparam as principais avenidas do Recife. Os trabalhadores saíram do Incra e formaram três colunas por diferentes pontos da cidade – uma coluna seguiu pela Av. Abdias de Carvalho; a segunda marchou pela Av. Caxangá; e a terceira pela Av.

Onze mil pessoas participam de Conferência dos Povos

Dos dias 19 e 22 de abril, Cochabamba, na Bolívia, se transforma no centro das discussões sobre mudança climática. Cerca de 11.500 pessoas de várias partes do mundo se reúnem para participar da Conferência Mundial dos Povos sobre Mudança Climática e os Direitos da Mãe Terra. Na tarde de segunda-feira (19/4), indígenas de diversas regiões realizarão uma Assembleia frente à Mudança Climática e pelo Bom Viver.

Incra também é ocupado na Paraíba

Na manhã desta segunda-feira (19/4), cerca de 400 trabalhadores rurais Sem Terra de varias regiões do estado da Paraíba ocuparam o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). Os trabalhadores exigem que o governo assente as mais de 90 mil famílias Sem Terra acampadas em todo pais, maiores recursos públicos para a desapropriação de terra, atualização dos índices de produtividade e investimentos públicos nas áreas de assentamentos (créditos para a produção, habitação rural, educação e saúde).

Marcha em São Gabriel lembra assassinato de Sem Terra

Cerca de 300 famílias sem terra acampadas marcham, neste momento, em direção à Fazenda Southall em São Gabriel, na Fronteira Oeste. A ação marca os oito meses do assassinato do trabalhador Elton Brum da Silva, ocorrido em agosto de 2009 durante o despejo violento feito pela Brigada Militar na fazenda. Ao chegarem no local, os Sem Terra realizarão um ato simbólico em memória de Elton, com a presença de sindicatos, religiosos e lideranças comunitárias.

Sem Terra de Alagoas chegam hoje a Maceió

Há mais de uma semana em lutas para intensificar as conquistas dos trabalhadores rurais em relação à Reforma Agrária, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) traz a Maceió o foco de suas mobilizações. A expectativa é de concentrar 1,2 mil camponeses na Praça Dom Pedro II – Centro – para colocar em pauta com a sociedade e autoridades a aceleração da Reforma Agrária.

O que queremos do governo na nossa jornada

O QUE QUEREMOS NA NOSSA JORNADA ABRIL É MÊS DE LUTA pela Reforma Agrária, quando a sua bandeira é fincada nos latifúndios e tremula nas ruas das cidades. Um projeto que tem necessariamente que resolver dois problemas históricos, que emperram as transformações do Brasil: a estrutura agrária injusta (concentradora de terra, de riqueza e poder político), e o modelo de desenvolvimento (que sempre produziu monocultura para exportação).

Assentados marcham em Uberlândia

Na manhã desta segunda-feira (19/4), teve início uma marcha com 500 trabalhadores e trabalhadoras assentados da Reforma Agrária em direção ao IEF (Instituto Estadual de Florestas) em Uberlândia, no triângulo mineiro. As famílias ficarão mobilizadas durante todo o dia, em repúdio à morosidade do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), do IEF e demais órgãos governamentais no desenvolvimento de uma política efetiva de Reforma Agrária, a à conivência do Judiciário com o latifúndio local.

Movimentos contra Belo Monte

Movimentos sociais e indígenas promovem coletiva de imprensa sobre a implantação da usina de Belo Monte, no Pará. A coletiva foi realizada no dia 12/4, em Brasília (DF). Além dos porta-vozes dos movimentos e organizações que lutam contra a usina de Belo Monte, participaram como convidados o cineasta James Cameron e os atores Sigourney Weaver e Joel David Moore. Assista abaixo o vídeo, que também pode ser visto em: http://redeculturaldaterra.blip.tv/

SC: Assembléia dá continuidade a jornada de lutas

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Santa Catarina, deu continuidade à Jornada de Luta pela Reforma Agrária no estado no último sábado (17/4), com a realização de uma Assembléia Popular no Centro de Eventos de Marejada, em Itajaí (SC). A atividade contou com a participação de mais de 600 militantes de movimentos sociais, sindicatos e do movimento estudantil, que debateram temas como a criminalização dos movimentos sociais, a campanha em defesa do petróleo, soberania energética e o papel da Reforma Agrária popular no Brasil para a produção de alimentos saudáveis.