26 de maio de 2021

Uma saúde feita pelo povo e para o povo é possível

Uma saúde feita pelo povo e para o povo é possível

1º Curso Regional de Auriculoterapia Popular foi realizado entre os dias 20 e 22 de maio, na Escola Técnica do Campo Luana Carvalho, localizada no Assentamento Josiney Hipólito, em Ituberá, na Bahia.

Brigada do MST participa de caravana em homenagem ao zapatista Galeano

 

Pela Brigada do MST de Intercâmbio no México
Da Página do MST

Neste sábado (24), a Caravana Justicia para el compa Galeano chegou no Caracol La Realidad - centro de organização política autônoma dos zapatistas, na selva fronteiriça de Chiapas (México) com a Guatemala -, para homenagear o zapatista José Luis Solís, mais conhecido como Galeano, assassinado no último dia 2 de maio.

Pela primeira vez plano safra sai com a palavra ‘Reforma Agrária’

 

Por Yara Aquino
Da Agência Brasil 


O Plano Safra da Agricultura Familiar para o período 2014/2015, lançado nesta segunda-feira (26) pela presidenta Dilma Rousseff em cerimônia no Palácio do Planalto, terá R$ 24,1 bilhões para investimento e custeio. O valor representa aumento de 14,7% em relação à safra anterior. As taxas de juros foram mantidas e variam de 0,5% a 3,5%.

Avanço do agronegócio faz suicídio entre indígenas ser o maior em 28 anos

 

Por Carolina Fasolo
Do Cimi


No dia 3 de abril, quando amanheceu em uma aldeia Guarani-Kaiowá, localizada no sul do estado de Mato Grosso do Sul, a mãe de três filhos abriu a porta de casa e paralisou ao ver o corpo frágil de sua menina mais nova suspenso pelo lençol, amarrado à árvore por um nó que parecia firme. No dia anterior, a garota havia completado 13 anos.

Para promotor, novo Código Florestal é um “tiro no pé”

 

Da Folha de S. Paulo

 

O promotor de Meio Ambiente de Ribeirão Preto, Marcelo Pedroso Goulart, afirmou ontem que a aprovação do novo Código Florestal foi um "tiro no pé" dos próprios agropecuaristas.

Sem preservar o meio ambiente, diz, eles não conseguirão produzir alimentos.

Conforme reportagem publicada anteontem pela Folha, com o novo código em vigor, 680 inquéritos que investigam danos ambientais na região sairão da mira do Ministério Público e poderão perder sua eficácia.

Protesto interdita ferrovia da Vale para cobrar prisão de assassinos de militantes

 

Por João Márcio
De Marabá (Pará)
Da Página do MST

 

Após uma noite de vigília, movimentos camponeses, estudantes, professores da Universidade Federal do Pará (UFPA) e famílias assentadas do MST interditaram a ponte rodo-ferroviária Carajás, sobre o rio Tocantins em Marabá, nesta quinta-fera.

O trem de carga de minério da mineradora transnacional Vale ficou paralisado entre 5h e 10h.

Os desafios para a habitação nos assentamentos

 

Por Jade Percassi*
Da Página do MST

 

O tema da habitação social no campo configura-se no Brasil como uma questão que ainda carece de reflexões e problematizações não apenas no seu aspecto teórico, mas sobretudo político. Se por um lado a habitação nos espaços urbanos tem sido pautada com mais efervescência, a habitação nos espaços do campo demanda um olhar crítico e reflexivo em busca de soluções que sejam condizentes com suas necessidades e especificidades.

Valmir Assunção: por que votei não ao relatório de Aldo Rebelo


Por Valmir Assunção*
Deputado Federal PT-BA


Ao assumir meu primeiro mandato como deputado federal, cheguei com um compromisso bem definido: defender a reforma agrária, tal como possibilitar mecanismos de incentivo à agricultura familiar e camponesa, fortalecendo os movimentos sociais do campo e da cidade.

Meus compromissos também incluem a luta pelo desenvolvimento social e combate à fome, a defesa do conjunto dos direitos humanos, promoção da igualdade racial e de políticas para a juventude.

O Código e o sangue

.

Os 
extratitivistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo 
da Silva, assassinados nesta terça-feira (24)

Os extratitivistas José Cláudio e Maria Silva, assassinados nesta terça-feira

 

Sem Terra ocupam Banco do Brasil em Valadares

Da página do MST Cerca de 300 trabalhadores rurais, camponeses, sem terras e atingidos por barragens ocuparam a sede do Banco do Brasil, no município de Governador Valadares, em Minas Gerais, para reivindicar a renegocição das dívidas da agricultura familiar. Os manifestantes denunciam o modelo do agronegócio e os privilégios desse sistema agrícola capitalista.

Discussões locais se encontram em Assembléia Popular

Comunicação Assembleia Popular Os estados e as grandes regiões presentes na II Assembleia Popular Nacional já vinham se organizando e se mobilizando há algum tempo, para trazerem pautas e discussões para a grande Plenária. Um deles foi o estado de Minas Gerais. Durante todo o ano de 2009, os movimentos que fazem parte da Assembleia Popular (AP) no estado, organizaram algumas Assembleias temáticas, onde discutiram desde a questão ambiental até o projeto popular para a educação na região, além da questão da moradia.

Plataforma da Via Campesina para a agricultura

. Ao povo brasileiro e às organizações populares do campo e da cidade O atual modelo agrícola imposto ao Brasil pelas forças do capital e das grandes empresas é prejudicial aos interesses do povo. Ele transforma tudo em mercadoria: alimentos, bens da natureza (como água, terra, biodiversidade e sementes.) e se organiza com o único objetivo de aumentar o lucro das grandes empresas, das corporações transnacionais e dos bancos.

Trabalho escravo: 37 mil libertos em 15 anos

. Por Leonardo Sakamoto Do Blog do Sakamoto Há dois anos, um trabalhador teve o rosto, braços e tórax queimados, repetidas vezes, com ferro de marcar gado em brasa em uma fazenda no Pará. Seu crime? Ter reclamado dos três meses de salários nunca pagos e da falta de comida decente para ele e os colegas. A sessão de tortura teria sido realizada pelo próprio dono da fazenda com a ajuda de capatazes. Para mostrar quem manda e quem obedece. Leia também

Por que os assentados pedem a renegociação das dívidas?

As famílias de trabalhadores assentados em projetos de Reforma Agrária reivindicam a renegociação das suas dívidas. De acordo com José Valdir Misnerovicv, coordenador nacional do MST, em algumas regiões do país 60% das famílias assentadas não conseguem pagar as dívidas que contraíram por meio de solicitação de empréstimos. “Somente com a renegociação dessa dívida é que estas famílias poderão continuar acessando novos créditos e, dessa forma, seguir fortalecendo a cada dia sua produção”, complementou Misnerovicv.

No RS, camponeses protestam por investimentos

Da Página do MST Centenas de camponeses ligados à Via Campesina protestam nesta quarta-feira (26/5) em todo o Rio Grande do Sul por mais investimentos do governo federal na agricultura camponesa. Bloqueios de rodovias e protestos integram as mobilizações, que ocorrem em Canguçu (na Região Sul), Santa Cruz do Sul (Vale do Rio Pardo) e Iraí, na divisa com Santa Catarina (confira os locais no final no texto). Os pequenos agricultores, atingidos por barragens e assentados da reforma agrária exigem rebate de até R$ 10 mil nas dívidas.

Assentados fazem protestos no Banco do Brasil no Pará

Da Página do MST Os assentados do MST fazem protestos em agências do Banco Brasil em Mosqueiro, distrito de Belém e em Parauapebas, no sul do Pará, na manhã desta quarta-feira. As famílias assentadas participam exigem negociação das dívidas dos assentados da região e defesa dos investimentos em políticas sociais. A jornada dos assentados cobra do governo federal a realização da Reforma Agrária e investimentos para o fortalecimento dos assentamentos na áreas de habitação, infra-estrutura e produção agrícola. Abaixo, as principais reivindicações dos assentados:

Camponeses do MPA fazem jornada em MG

Da Comunicação MPA Mais de 200 famílias camponesas de diversas regiões do estado de Minas Gerais estão ocupando a BR 365, próximo ao trevo na saída para Pirapora, no município de Montes Claros, Minas Gerais, desde as 6h30 desta quarta-feira, 26 de maio. Com esse mesmo espírito de luta e cansados de serem esquecidos os camponeses do Vale do Rio Doce também ocupam agências do Banco do Brasil, com o objetivo de renegociarem suas dívidas, já que o governo prioriza o perdão das dívidas somente para os latifundiários e empresários rurais.

Camponeses sofrem com violência em Alagoas

Da Comunicação CPT Alagoas O Juiz Ayrton Tenório da Vara Agrária determinou para hoje a reintegração de posse da Fazenda Serra Verde localizada no município de Messias, zona da mata de Alagoas, e a retirada das 50 famílias acampadas. A ocupação ocorreu em março deste ano e tem o apoio da Comissão Pastoral da Terra e do Movimento de Libertação dos Sem-Terra (MLST). A propriedade encontra-se penhorada no Banco do Brasil e no Banco do Nordeste e em estado de abandono, com a presença dos camponeses nas terras foi iniciado o plantio de macaxeira, feijão e milho.

Assentamento recebe estudantes de Direito para discutir a questão agrária

Aline Sêne Da Agência Informação Social Mais de 20 estudantes do curso de Direito da Universidade Federal do Tocantins (UFT), de Palmas (TO), visitaram o assentamento Padre Josimo Tavares no domingo para conhecer um pouco a realidade do camponês e também o trabalho desenvolvido pelo Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST). A visita foi organizada pela professora da disciplina de Direito Agrário, Shirley Silveira Andrade, juntamente com o MST.

Assembléia Popular aponta para Brasil planejado pelo povo

Comunicação AP Desde esta terça-feira (25/5), cerca de 500 delegados de todos os Estados do país participam da II Assembléia Popular Nacional – Na construção do Brasil que queremos, em Luziânia (GO). Com a exposição que analisou o contexto conjuntural e estrutural da sociedade, ficou clara a polarização entre os projetos em disputa em nível global.

Leia pauta da jornada do MPA

. 1 – PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS - Um salário mínimo por família por mês para cada família camponesa, por propriedade, lote ou posse que faça a preservação ambiental. O camponês tem direito a ser pago pelo Estado e pelos setores poluidores e devastadores por estar conservando e preservando o meio ambiente.

Stephanes e Katia Abreu ganham “prêmio motossera”

Da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida A Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA) anunciou nesta sexta-feira, dia 22 de maio de 2009, dia da biodiversidade, durante a solenidade de abertura da Semana da Mata Atlântica,…

8ª Jornada de Agroecologia reúne 4 mil participantes em Francisco Beltrão

Francisco Beltrão espera receber quatro mil pessoas entre quarta-feira (27/5) e sábado (30/5). Agricultores, camponeses, trabalhadores rurais, pesquisadores, engenheiros agrônomos, ecologistas e estudantes de várias áreas, delegação de agricultores do Paraguai e representantes africanos e cubanos participam da 8ª Jornada…

Raposa ruralista vai tomar conta do galinheiro florestal

Do Greenpeace Pagando dívida de sua campanha para a presidência do Senado, José Sarney indicou na sexta-feira (22/5) a senadora Kátia Abreu (DEM/TO), da tropa de choque ruralista, como relatora da Medida Provisória 458, que legaliza a ocupação de áreas…

Para desconcentrar a comunicação é preciso destruir o monopólio

Do Boletim NPC João Paulo Rodrigues, um dos coordenadores do MST, explica ao Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) como o MST vê a realização da Conferência Nacional de Comunicação. Confira a rápida entrevista. Qual é a avaliação do MST sobre…

Projeto de lei fere a Convenção da Biodiversidade

Um projeto de lei que libera o uso de sementes transgênicas estéreis pode colocar o Brasil em rota de colisão com a Convenção sobre Diversidade Biológica das Nações Unidas (CBD, na sigla em inglês), alerta Julian Perez, representante da organização…

Yeda Crusius reprime trabalhadores mais uma vez

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), volta a tratar com repressão questões sociais como a reforma agrária e os prejuízos que as monoculturas de eucalipto, acácia e pínus estão trazendo aos pequenos agricultores gaúchos. Na quinta-feira…

Sem Terra ocupam fazenda em São Paulo

Na última quinta-feira (22/05), 300 trabalhadores Sem Terra ocuparam a fazenda Bocaina, localizada no município de Serra Azul, região de Ribeirão Preto, em São Paulo. A ocupação tem como objetivo a indicação de áreas para que o Incra (Instituto Nacional…

Para MST, meta de assentamentos no nordeste não será cumprida

Desde quarta-feira (24/05), trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra de Pernambuco, Bahia, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte e Ceará participaram do Encontro de Superintendentes do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) da Região Nordeste. Depois de três…

MST e MPA fazem mobilização no ES

Na quarta-feira (24/05) o MST e o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) fizeram mobilizações nas agências do Banco do Brasil em diversos municípios do interior do Espírito Santo. Em São Mateus e São Gabriel da Palha, as agências do banco…

MST e MPA fazem mobilização no ES

Na quarta-feira (24/05) o MST e o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) fizeram mobilizações nas agências do Banco do Brasil em diversos municípios do interior do Espírito Santo. Em São Mateus e São Gabriel da Palha, as agências do banco…

Pacote do governo beneficia mais agronegócio

Fonte Agência Chasque O governo federal anunciou ontem o pacote de medidas para a agricultura na próxima safra. O agronegócio vai ficar com R$65 bilhões no Plano Safra 2006/2007, enquanto que a agricultura familiar ficará com apenas R$10 bilhões. Os…

Campanha pela desapropriação da Fazenda Coqueiros (RS)

Caros amigos e amigas do MST, O MST deu início nessa semana à campanha pela desapropriação do latifúndio Guerra, uma área de 7 mil hectares que fica no município de Coqueiros do Sul, no Rio Grande do Sul. O latifúndio…

Campanha pela desapropriação da Fazenda Coqueiros (RS)

Caros amigos e amigas do MST, O MST deu início à campanha pela desapropriação do latifúndio Guerra, uma área de 7 mil hectares que fica no município de Coqueiros do Sul, no Rio Grande do Sul. O latifúndio pertencente à…

Elemar e Gegê são libertados pela Justiça

O integrante da coordenação Nacional do MST no Paraná, Elemar do Nascimento Cezimbra, e o coordenador do MMC (Movimento de Moradia do Centro) Luiz Gonzaga da Silva, o Gegê, foram, finalmente, libertados da prisão. Elemar conquistou a liberdade, 25 de…

Pequeno produtor sustenta setor agrícola, mas tem créditos restritos

A maior parte da produção agropecuária nacional é responsabilidade dos pequenos agricultores, mas os créditos rurais são destinados para as grandes propriedades. Esta é a conclusão de um levantamento do MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores ) sobre dados do IBGE,…

Nações Unidas propõe parceria com MST para combater a fome

A ONU pretende comprar alimentos produzidos pelo MST para ajudar no combate a fome no mundo. Foi o que afirmou James Morris, diretor-executivo do PAM (Programa Mundial de Alimentação), durante visita ao Brasil, de 17 a 20 de maio de…

Pesquisadores da Reforma Agrária participam da CPMI da Terra

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que analisa a questão fundiária, ouviu, em 20 de maio de 2004, os coordenadores da pesquisa que gerou o livro “Impactos dos Assentamentos: um estudo sobre o meio rural brasileiro”, lançado recentemente pelo…