11 de março de 2021

Mulheres em Luta, Semeando Resistência!

O I Encontro Nacional de Mulheres Sem Terra aconteceu entre os dias 5 e 9 de março de 2020. Cerca de 3.500 mulheres Sem Terra ocuparam com muita mística, debate, formação, cultura e resistência o Parque da Cidade em Brasília.

Manifestação reúne mil Sem Terra em Água Branca (AL)

 

Por Rafael Soriano
Da Página do MST

 

Na manhã desta terça-feira (11/03), cerca de mil manifestantes realizaram uma marcha na cidade de Água Branca, no Alto Sertão de Alagoas (distante cerca de 340 km de Maceió), em que reivindicaram terras para Reforma Agrária e o atendimento da população camponesa por políticas públicas. A mobilização gerou uma agenda de reuniões entre o poder público municipal e os Sem Terra.

Reforma Agrária: direito constitucional ainda não cumprido



Da Adital

Vinte e cinco anos se passaram desde que a Constituição Federal do Brasil foi promulgada. Contudo, mesmo após tanto tempo, pouco ou nada foi feito em relação à reforma agrária no país.

A falha no cumprimento da Constituição federal tornou o Brasil a segunda maior nação do mundo em concentração de terras, fato que dá origem a violentos e quase diários conflitos fundiários.

Guilherme Delgado: para onde vai a economia do agronegócio?


Por Guilherme Costa Delgado
Para o Brasil de Fato


Analisar este setor de atividade da maneira convencional, qual seja pela medição e comparação dos fluxos de produção das cadeias agroindustriais que vendem insumos ou processam primariamente a produção oriunda da agropecuária é uma forte tentação do mundo empírico, que, contudo leva a problemas de interpretação.

Mais de três mil camponeses ocupam o pátio do MDA em Brasília



Do MCP

Desde as 5 horas da manhã de hoje (11), mais de três mil camponesas e camponeses, organizados no Movimento Camponês Popular, montaram acampamento no pátio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em Brasília.

A atividade integra a “Jornada de Luta em Defesa da Produção de Alimentos Saudáveis e pelos Direitos das Mulheres Camponesas”, realizada hoje (11) e amanhã (12), e conta com uma série de marchas, ocupações e audiências, motivadas pelo Dia Internacional de Luta das Mulheres.

Sem Terra ocupam prédio do Itesp em Araraquara para desapropriar latifúndio


Frederico Daia
Da Página do MST


Na manhã de segunda-feira (11), 100 integrantes do MST ocuparam o prédio da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp), em Araraquara. Os trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra exigem que o governo do estado firme parceria com o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a implementação de projeto de assentamento na fazenda Martinópolis, localizada no município de Serrana, região de Ribeirão Preto.

Mulheres do campo e da cidade lutam contra a violência em Marabá

 

 

 

Da Página do MST

 

Cerca de duzentas mulheres ligadas aos movimentos do campo e da cidade de Marabá realizaram no oito de março um ato em frente a prefeitura da cidade as atividades referente ao dia internacional das mulheres.

As participantes discutiram uma pauta convergente entre as necessidades de gênero tanto do campo quanto da cidade.

Paulo Décio: uma grande perda para toda a sociedade alagoana


Da Página do MST


Alagoas perde mais um grande ser humano. O triste episódio do falecimento do Sociólogo e Professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Paulo Décio de Arruda Mello, na noite de sábado (9), representa uma grande perda para toda a sociedade alagoana.

Em sua trajetória acadêmica, o professor Paulo Décio dedicou seus estudos à reflexão sobre a questão da ação coletiva e construção da cidadania, no espaço alagoano e em especial às questões urbanas, ambientais e rurais.

Camponesas marcham contra a violência e pela Reforma Agrária em Alagoas

 

 

Da Página do MST

 

No dia Internacional de Luta das Mulheres, trabalhadoras rurais de Alagoas organizadas no MST marcharam pela cidade de Atalaia (45km da capital Maceió). De lenço lilás e fitas pretas, as camponesas caminharam representando o luto contra a violência às mulheres e a vida dos trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra pelas mãos do latifúndio.

A mobilização soma-se a tantas outras que acontecem de Norte a Sul do país, formando a Jornada de Lutas das Mulheres da Via Campesina.

Sem Terra participam de ato das mulheres em São Paulo

 

Da organização do ato

 

Em luta por autonomia e igualdade, contra o machismo e o capitalismo, milhares de feministas sairão às ruas de São Paulo mais uma vez para celebrar o Dia Internacional de Luta das Mulheres.

Como este ano a data oficial caiu em pleno carnaval, o ato foi transferido para o dia 12 de março.

A concentração terá início às 9h30 no Centro Informação Mulher, na Praça Roosevelt (R.Consolação, 605).

De lá, as mulheres caminharão pelo centro da cidade, encerrando o ato na Praça da Sé.

Jornada das mulheres do Pará termina com bloco na rua

 

Por João Marcio
Da Página do MST

 

Entre os dias 6 e 8 de fevereiro, aproximadamente 200 mulheres do MST no Pará se reuniram no assentamento Palmares, no sudeste paraense, para debater temas circundantes à vida camponesa e ao universo feminino.

MST realiza 3º Campeonato Estadual da Reforma Agrária

 

Da Página do MST

 

O MST, a Coopava e a Prefeitura Municipal de Piratini realizam, nos dias 12 e 13 de março, as finais do 3º Campeonato Estadual da Reforma Agrária.

As competições e demais atividades de confraternização acontecem na Coopava, no Assentamento Conquista da Liberdade, em Piratini, Região Sul gaúcha.

EUA faz lobby por glifosato da Monsanto na Argentina

 

Do Página 12 / Argentina*

 

A Embaixada dos Estados Unidos defendeu o uso do questionado pesticida glifosato diante de autoridades do Senasa, o organismo responsável pela garantia e certificação da saúde e qualidade da produção agropecuária.

“Agrotóxico vai contaminar a água”, afirma pesquisadora

 

Da Rede Brasil Atual

 

A professora e pesquisadora do Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, Raquel Rigotto, alerta para o risco de contaminação das áreas agriculturáveis do país devido ao uso abusivo de agrotóxicos por parte das empresas do agronegócio.

CNA distorce dados para limpar a ficha do latifúndio

 

Do IHU On-Line


“A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) está usando uma interpretação totalmente equivocada dos dados do censo agropecuário para tentar passar a ideia de que de 1960 para cá houve uma recuperação florestal nos imóveis particulares”, mencionou Raul do Valle à IHU On-Line, ao comentar o relatório divulgado pela CNA, o qual mostra que houve crescimento de matas e florestas em terras particulares.

Ação faz libertação em fazenda de sobrinho de deputado


Por Bianca Pyl
Da Agência Repórter Brasil

 

Duas fiscalizações realizadas no Mato Grosso libertaram 18 vítimas da escravidão contemporânea. Um dos flagrantes ocorreu na Fazenda Aparecida, no município de Cláudia (MT), e o outro se deu na Fazenda São Francisco, em Primavera do Leste (MT). Esta última área pertence a Emanoel Gomes Bezerra Júnior, funcionário do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE/MT) e sobrinho do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB).
 

Agricultura vive numa ”bolha de veneno” no Sul do Brasil

 

Da Agência Latino-Americana e
Caribenha de Comunicação (ALC)

 

Agricultores do centro-sul do Paraná e Planalto Norte Catarinense remeteram carta a autoridades estaduais e federais pedindo a intervenção e fiscalização na venda e aplicação de agrotóxicos na lavoura de fumo. “Estamos vivendo numa ‘bolha de veneno’ que contamina o ar, o solo, nascentes, lençol freático e alimentos”, alegam.

Mulheres do campo e da cidade marcham em São Paulo

Entre os dias 8 e 18 de março, a Marcha Mundial das Mulheres organiza sua 3ª Ação Internacional no Brasil. Neste período, 3 mil mulheres de todas as regiões do país farão uma caminhada entre dez cidades, de Campinas a São Paulo, para dar visibilidade à luta das mulheres brasileiras e reivindicar mudanças em suas vidas. A Ação começou no Dia Internacional das Mulheres (8/3), em um grande ato público no Largo do Rosário, no centro de Campinas, e termina em São Paulo, no dia 18, em um ato na Praça Charles Miller.

Marcha das Mulheres chega a Louveiras nesta quinta

A 3ª Ação Internacional da Marcha Mundial das Mulheres segue a todo vapor. Nesta quinta (11/3) pela manhã, as marchantes deixaram a cidade de Vinhedo rumo à Louveira, onde ficam alojadas no Parque da Uva. No período da tarde, a marcha recebe uma convidada especial, a feminista brasileira radicada na França Helena Hirata. Ela é especialista nos temas do trabalho e autonomia econômica das mulheres. Hirata vai falar sobre eles para as militantes que participam da Ação. Jundiaí

Mulheres se mobilizam em Santa Catarina

Como parte da Jornada nacional de luta contra o agronegócio e a violência: por Reforma Agrária e soberania alimentar , cerca de 5 mil mulheres se mobilizaram nas cidades Dionísio Cerqueira, Anita Garibaldi, Joaçaba, São Miguel do Oeste e Mafra (SC) na última segunda-feira (8/3). Pela manhã, aconteceram seminários de formação e à tarde marchas e entrega de pautas de reivindicação em agências do Banco do Brasil.[img_assist|nid=9299|title=|desc=|link=none|align=left|width=640|height=480]

Vale é condenada a pagar indenizações de R$ 300 mi

A mineradora Vale foi condenada ontem a pagar indenizações que somam R$ 300 milhões por supostas irregularidades trabalhistas cometidas contra os funcionários terceirizados que prestam serviço na mina de ferro de Carajás (PA). A decisão de Jônatas Andrade, juiz da Vara do Trabalho de Parauapebas (PA), aceitou pedido do Ministério Público Estadual e ainda pode ser derrubada em instâncias superiores.

Brigada Militar reprime agricultores em protesto em Erechim

Mais uma vez a polícia militar do Rio Grande do Sul utilizou a violência e, com truculência, desocupou a agência do Banco do Brasil, em Erechim, onde dezenas de camponeses ligados aos movimentos sociais da Via Campesina estavam mobilizados nesta…

MST cobra assentamentos em ocupação do Incra em Goiás

Mais de 400 agricultores do MST ocuparam o prédio da superintendência do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em Goiânia, para cobrar o assentamento das 2.500 famílias acampadas no estado, na manhã desta quarta-feira. “O ponto número um…

Camponeses ocupam Banco do Brasil em Erechim

Um grupo de camponeses ligados aos movimentos sociais da Via Campesina ocupou durante à tarde de hoje (11), a agência do Banco do Brasil na Avenida Sete de Setembro em Erechim RS, e permanecem acampados. Eles têm o objetivo de…

Atingidos por barragens do Madeira iniciam acampamento em Porto Velho

Cerca de 1000 manifestantes atingidos pelas barragens de Santo Antônio e Jirau montaram acampamento hoje (11) em Porto Velho, em Rondônia. Nesta manhã, as atividades iniciaram com uma assembléia, cujo objetivo foi apontar os problemas causados pelas hidrelétricas que estão…

As mulheres e o 8 de março

Antonio Cechin e Jacques Távora Alfonsin Nos protestos que as mulheres campesinas estão fazendo, celebrando o dia internacional da mulher, encaminham cinco cartas abertas, endereçadas ao Presidente do Tribunal de Justiça do Estado, ao Presidente do Tribunal Regional Federal, ao…

Projeto de lei proíbe transgênicos em merenda escolar do RS

Da página do Greenpeace Projeto de lei que proíbe o uso de alimentos geneticamente modificados nas merendas de escolas municipais de Porto Alegre (RS) foi apresentado nesta terça-feira à Câmara Municipal pelo vereador Beto Moesch (PP). A iniciativa poderá beneficiar…

“Gilmar Mendes é antípoda ao MP”, diz promotor de justiça

Do Terra Magazine As declarações espinhosas entre o procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza e Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, continua a provocar reações. “As declarações do ministro fizeram generalizações. Isto é extremamente perigoso”, afirma o promotor…

MST reocupa engenho onde Sem Terra foi assassinado

Na manhã de hoje, cerca de 100 famílias Sem Terra, lideradas pelas mulheres, reocuparam o Engenho Manguinhos, em São José da Coroa Grande, litoral sul de Pernambuco, onde, em 2004, o Sem Terra Josuel Fernandes da Silva foi assassinado por…

Mulheres marcham em Bagé contra eucalipto no RS

As 700 mulheres da Via Campesina marcham na manhã de hoje no centro de Bagé (RS) contra a monocultura de eucalipto na região. A marcha saiu da Escola Estadual de Ensino Médio Frei Plácido e segue até o Trevo Santa…

Atingidos por barragens realizam protestos em sete estados

O 14 de março é, todos os anos, um dia de atos e protestos mundiais contra a construção de barragens, em defesa da vida e da natureza e pelos direitos dos atingidos. Segundo o relatório final da Comissão Mundial de…

Via Campesina paralisa obras da Hidrelétrica de Estreito

Hoje pela manhã, cerca de 400 manifestantes de movimentos que integram a Via Campesina, como MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) e MST, ocuparam o canteiro de obras e paralizaram as atividades de construção da Hidrelétrica de Estreito, localizado na…

MAB faz mobilização na barragem de Machadinho

Cerca de 400 pessoas atingidas pela Usina Hidrelétrica de Machadinho iniciaram, na manhã de hoje (11/3), uma manifestação na entrada da usina, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A ação faz parte da Jornada de lutas…

MAB faz mobilização na Barragem de Machadinho

Cerca de 400 pessoas atingidas pela Usina Hidrelétrica de Machadinho iniciaram, na manhã de hoje (11/3), uma manifestação na entrada da usina, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A ação faz parte da Jornada de lutas…

MAB faz mobilização na Barragem de Machadinho

Cerca de 400 pessoas atingidas pela Usina Hidrelétrica de Machadinho iniciaram, na manhã de hoje (11/3), uma manifestação na entrada da usina, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A ação faz parte da Jornada de lutas…

Atingidos por barragens ocupam termelétrica da Eletronorte

Na manhã desta terça-feira (11/3), cerca de 700 integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) ocuparam a Unidade Termelétrica Rio Madeira no Bairro Nacional, em Porto Velho. A ação faz parte da jornada de lutas do 14 de março…

Os nossos bens culturais

Emir Sader* A crise brasileira é econômica, porque os recursos existem, inclusive a força de trabalho, assim como as necessidades, mas falta o essencial para grande parte da população. O que significa que é a forma de organização da economia…