Campanha pela Constituinte faz ato público na Câmara Federal

 

Do site Plebiscito Constituinte

Na tarde dessa terça-feira (14/10), mais de 700 militantes se reuniram na praça dos três poderes para a entrega oficial do resultado do Plebiscito Popular ao Legislativo e Judiciário. O ato fez parte da 5ª Plenária Nacional do Plebiscito Constituinte que reúne na capital, até essa quinta-feira, 800 militantes de todo o país.

Movimentos sociais discutem os desafios da reforma política

 

Da Página do MST


Um ano após a primeira Plenária Nacional pelo Plebiscito Constituinte, os movimentos sociais de todo o país se reuniram mais uma vez para discutir os desafios da reforma política.

 

No segundo dia da V Plenária Nacional do Plebiscito Constituinte, movimentos sociais e organizações de todo o país se reuniram mais uma vez pela Constituinte. Dessa vez, com o resultado concreto dessa luta.

 

MST, CNBB, OAB, CUT concedem entrevista sobre a Semana de Luta pela Reforma Política

 

Da Página do MST


Nesta quinta-feira (28), MST,
Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizam uma coletiva de imprensa para falar sobre a Semana Nacional de Luta pela Reforma Política, que ocorrerá entre os dias 1 a 7 de semtebro.

A atividade acontece às 14h30 no auditório do Centro Cultural Evandro Lins e Silva (OAB), em Brasília (DF).

Sem Terra penduram faixa em outdoor em favor da Reforma Agrária


Da Página do MST

Alguns jovens do Acampamento Valmir Mota “Keno”, em Plannaltina (DF), realizaram uma intervenção no outdoor da beira da BR 020, onde colocaram uma faixa ressaltando a importância da Reforma Agrária e a luta pela transformação e justiça social.

Os Sem Terra reivindicam uma área grilada de cerca de 430 hectares que pertenceria à Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), uma empresa pública do Governo do Distrito Federal.

Em Brasília, marcha denuncia o genocídio da população negra

 

Da Página do MST

Nesta sexta-feira (22), acontece a 2° Marcha Internacional Contra o Genocídio do Povo Negro, em Brasília.

A mobilizaçõa está sendo convocada pela campanha “Reaja ou será morto(a)”, que se iniciou na Bahia com o movimento luta contra o Racismo e o fim do Genocídio da população negra, em 2005.

A Marcha está organizada em 15 países e 18 estados do Brasil. Além do Distrito Federal, estão confirmados atos em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Sul, Amazonas e Espírito Santo, entre outros.

MST ocupa fazenda que mantinha trabalho escravo no Distrito Federal

 

Da Página do MST

 

Neste sábado (26/7), 638 famílias do MST ocuparam a Fazenda Santa Isabel, localizada no núcleo rural Monjolo, em Planaltina, Distrito Federal.

A área, de propriedade da empresa Rural Whittmann Agropecuária Ltda, foi flagrada com 33 trabalhadores em situação análoga à escrava no último dia 3 de julho, após uma operação de resgate realizada pelo Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF) e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). 

Movimentos se reúnem na CDH Senado para debater PAA e Reforma Agrária

 

Por Vinicius Alves Ehlers

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa realiza na manhã desta quinta-feira (8), em Brasília, uma audiência pública sobre o Programa de Aquisição e Alimentos (PAA) e seus impactos sobre a vida dos trabalhadores assentados brasileiros. 

Para isso, representantes dos movimentos sociais do campo, autoridades do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) se reúnem para apresentar os avanços e desafios no setor.

Após lançamento no Rio, Veneno está na Mesa 2 estreia em Brasília nesta quinta


Da Página do MST

Nesta quinta feira (24/04), o novo filme do diretor Sílvio Tendler, O veneno está na mesa 2, será lançado em Brasília. O evento acontece no Auditório principal do Museu Nacional de Brasília, próximo a Rodoviária do Plano Piloto, às 19h.

Após a exibição, haverá um debate com representantes da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela vida.

UnB inicia jornada universitária em defesa da Reforma Agrária

Por Iris Pacheco
Da Página do MST
 

A Universidade de Brasília (UnB) inicia nesta terça-feira (22) a atividade “Universidade, Reforma Agrária e Projeto de Nação: novos horizontes de mobilização social”.
 

A atividade faz parte 1° Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária, realizada ao longo de todo mês de abril em cerca de 50 universidades brasileiras com as quais o MST tem parceria.

Cerca de 500 Sem Terra paralisam rodovias no Distrito Federal



Por Iris Pacheco
Da Página do MST

 

Na manhã desta quinta-feira (17), cerca de 500 trabalhadores e trabalhadoras do MST do Distrito Federal e Entorno bloqueiam trechos das rodovias BR 020 (Belém-Brasília), entre os municípios Planaltina (DF) e Formosa (GO), na altura do quilômetro 43, e a BR 070, sentido Aǵuas Lindas de Goiás.

Ato em Brasília pede revisão do número de vítimas da ditadura no campo

  

Por Najla Passos
Da Carta Maior

O reconhecimento dos 1196 camponeses assassinados entre 1964 e 1989 como vítimas da ditadura e a devida punição dos culpados foram as principais reivindicações que os camponeses brasileiros, liderados pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), levaram às ruas de Brasília, nesta segunda (31), véspera da data que marca os 50 anos do golpe que deu início à ditadura civil-militar.

 

Mais de três mil camponeses ocupam o pátio do MDA em Brasília

Do MCP

Desde as 5 horas da manhã de hoje (11), mais de três mil camponesas e camponeses, organizados no Movimento Camponês Popular, montaram acampamento no pátio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em Brasília.

A atividade integra a “Jornada de Luta em Defesa da Produção de Alimentos Saudáveis e pelos Direitos das Mulheres Camponesas”, realizada hoje (11) e amanhã (12), e conta com uma série de marchas, ocupações e audiências, motivadas pelo Dia Internacional de Luta das Mulheres.

Mais de mil indígenas protestam nesta quarta-feira em Brasília

Por Alex Rodrigues e Danilo Macedo
Da Agência Brasil

Depois de cercaram o Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã de hoje (4), cerca de 1,2 mil índios de várias etnias estão neste momento divididos em manifestações no Congresso Nacional e diante do Ministério da Justiça. O grupo protesta contra o que classifica como mais uma iniciativa do governo federal para inviabilizar a demarcação de terras indígenas. A presidenta Dilma Rousseff não estava no local.