8 de março de 2021

Triste, Louca ou Má | Clipe

Para comemorar com denúncia, rebeldia e resistência o 8 de março, o MST lança o clipe da música "Triste, louca ou má", da banda Francisco El Hombre

15 anos da ocupação da Aracruz Celulose

Organizadas, as mulheres Sem Terra ocuparam o viveiro hortoflorestal da Aracruz, em Barra do Ribeiro (RS). A repercussão do protesto ampliou o debate sobre a monocultura de eucalipto. No dia seguinte realizaram uma importante marcha com os Movimentos da Via Campesina
Mulheres contra a Globo Golpista!

Mulheres contra a Globo Golpista!

Globo quer dar golpe na eleição, as mulheres organizam a reação!” Na madrugada de hoje, 800 mulheres de diversos movimentos populares ocuparam o parque gráfico do jornal impresso no Rio de Janeiro, que pertence ao grupo Globo Comunicações.
luta e repressão

Em Goiás, luta e repressão

Após mais de três horas de negociação as mulheres Sem Terra foram liberadas, contudo a Polícia Cívil indiciou dois companheiros que estavam na ocupação
A Revolução foi e será feita por mulheres

A Revolução foi e será feita por mulheres

Em 2017 o mundo recordará os 100 anos da Revolução Russa, que iniciou um processo de transformações estruturais do estado burguês, na busca pela igualdade e justiça social
MST lamenta a morte de Osvaldo Russo

MST lamenta a morte de Osvaldo Russo

Russo ocupou a presidência do Incra durante o governo Itamar Franco e abriu canais de interlocução com os movimentos sociais do campo, depois dos tempos sombrios de repressão e criminalização
Mulheres marcham pela Previdência em Santa Catarina

Mulheres marcham pela Previdência em Santa Catarina

No município de Chapecó, cerca de 5000 manifestantes realizam uma caminhada pelas ruas da cidade com o objetivo de dialogar com população e somar força com as mobilizações que acontecem em todo país
Mulheres Sem Terra bloqueiam rodovia no MS

Mulheres Sem Terra bloqueiam rodovia no MS

As mulheres denunciam o alto consumo de agrotóxicos pela população brasileira. "Somos o país que mais consome veneno no mundo. O governo precisa dar mais atenção à agricultura familiar, que é quem alimenta a população".

Mulheres do MST marcham por melhorias na saúde em Goianá

 

Por Geanini Hackbardt
Para a Página do MST

Trabalhadoras Sem Terra da Zona da Mata Mineira organizaram nesta manhã do 8 de março, uma marcha, até o município de Goianá, sede atual do pré assentamento Denis Gonçalves. 

Assentamento Marrecas realiza seminários sobre a luta das mulheres

 

Por Marilene Nascimento
Da Página do MST


Na véspera do Dia Internacional da Mulher, as escolas do assentamento Marrecas (PI), Amadeus Carvalho e Paulo Freire, realizaram seminários nesta sexta-feira (7) sobre a luta das mulheres ao longo da história, a importância de sua participação na luta por uma sociedade justa e igualitária e os problemas relacionados à violência contra as mulheres.

Mulheres da Via Campesina ocupam estação de água e fecham BR na PB


Por Marcos Lima
Da Página do MST


Durante as comemorações do Dia 8 de Março, mais 500 pessoas, a maioria mulheres Sem Terra, ocuparam a estação de águas do Perímetro Irrigado das Várzeas de Sousa (Pivas), no sertão do estado da Paraíba, há 400 km da capital João Pessoa.

Mulheres do campo e da cidade debatem questões de gênero no Pará


Da Página do MST


Cerca de duzentas mulheres ligadas aos movimentos do campo e da cidade de Marabá, no Pará, finalizaram nesta sexta-feira (8) as atividades referente ao dia internacional das mulheres, com um ato em frente à prefeitura da cidade.

Reunidas por toda semana, as participantes discutiram uma pauta convergente entre as necessidades de gênero tanto do campo quanto da cidade.

Mulheres do MST no Ceará protestam contra projetos de irrigação do DNOCS


Da Página do MST


Cerca de 300 mulheres do MST realizaram na manhã desta sexta-feira (8) protestos contra a política de irrigação desenvolvida pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DENOCS) e pelo governo do estado do Ceará. A ação se deu na segunda etapa do projeto irrigado Tabuleiro de Russas, a 162 km de Fortaleza.

O objetivo é denunciar os autos investientos do governo em áreas destinadas ao agronegócio e a falta de ações concretas e fetivas contra os efeitos da seca.

Ocupações de terra, prédios públicos e marchas marcam Jornada das Mulheres


Da Página do MST
 
Desde o dia 4 de março, as mulheres camponesas realizam a Jornada de Luta das Mulheres da Via Campesina, quando acontece uma série de atividades em todo o Brasil que relembram o 8 de março.
 
Este ano, a jornada leva o lema “Mulheres Sem Terra na luta contra o capital e pela soberania dos povos”, e tem como objetivo cobrar a Reforma Agrária, o assentamento das mais de 150 mil famílias acampadas em todo o país e denunciar o modelo destrutivo do agronegócio.
 

Camponesas se reunem com MDA e Incra após ocupação do Ministério


Da Página do MST

 

Na quinta-feira (07/3), mais de 1000 camponesas da Via Campesina e do Movimento Camponês Popular (MCP) ocuparam o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e realizaram negociações com o Ministério da Previdência Social, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Brasília.

Camponesas trancam rodovia no MS e denunciam contaminação de Aquífero


Da Págins do MST


Cerca de 600 mulheres da Via Campesina e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) trancaram a rodovia BR 264 no município de Nova Alvorada do Sul, em Mato Grosso do Sul, na manhã desta sexta-feira (8).

A ação, que faz parte da Jornada de Lutas das Mulheres da Via Campesina, visa denunciar os milhares de hectares de monocultivo de cana na região e a grande quantidade de agrotóxicos utilizados pelas usinas.

Mulheres Sem Terra fazem marcha por Reforma Agrária em Aracaju


Da Página do MST


Mulheres do MST junto com o Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (MOTU) fazem uma marcha pela cidade de Aracaju, em Sergipe, nesta sexta-feira (8), no dia Internacional da Mulher.

A mobilização faz parte da Jornada Nacional de Luta das Mulheres da Via Campesina e tem como objetivo denunciar o agronegócio e pautar a Reforma Agrária e a Soberania dos povos.

Trabalhadoras Sem Terra ocupam Usina na Zona da Mata de PE

 

 

 

Por Ramiro Oliver
Da Página do MST

 

Nesta sexta (08/3), cerca de 400 trabalhadoras rurais do MST e da Comissão Pastoral da Terra (CPT) ocuparam a Usina Maravilha, localizada no município de Condado, no norte do estado.

Mulheres denunciam violações de obras da Copa do Mundo em Porto Alegre


Da Página do MST

 

Cerca de 700 mulheres da Via Campesina, Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD) e Levante realizam hoje a partir das 9h ato de denúncia na Avenida Tronco, uma das obras da Copa realizada pela Prefeitura de Porto Alegre. A concentração será na esquina da Rua Padre Nóbrega com a Avenida Cruzeiro.

Via Campesina faz protestos em 11 estados contra alterações no Código Florestal

 
 
Da Página do MST
 
 
Nesta quinta-feira, as mulheres da Via Campesina realizaram protestos em 11 estados, além do Distrito Federal, para marcar o Dia Internacional de Luta das Mulheres, cobrando da presidenta Dilma Rousseff a realização da Reforma Agrária, um novo modelo agrícola baseado em pequenas propriedades e o veto das mudanças no Código Florestal.
 
Dentre as mobilizações, somam-se quatro ocupações

Camponesas fazem protesto na sede da Justiça Federal no Espírito Santo


Por Vanessa Ramos
Da Página do MST

 
Mulheres do MST, da Via Campesina fizeram uma audiência pública com representantes da Justiça Federal, em Vitória, no Espírito Santo, nesta quinta-feira (8/3).

A expectativa é que os juízes liberem a desapropriação de áreas improdutivas e das terras pertencentes aos Quilombolas.

Mulheres ocupam fazenda contra uso de agrotóxicos na Paraíba

 

Página do MST

 

Cerca de 500 mulheres do MST ocuparam uma fazenda para denunciar a utilização exagerada de agrotóxicos no município de Sousa, na região de Patos, na Mesorregião do Sertão Paraibano, na manhã desta quinta-feira (8/3).

A Fazenda Santana utiliza grandes quantidades de agrotóxicos para a produção de algodão, que tem causado problemas de saúde para os trabalhadores da lavoura e para a comunidade que vive na região.