Sem Terra marcham em Santa Catarina e exigem desapropriação de latifúndio

 

Da Página do MST

Cerca de 200 trabalhadores rurais do MST marcham nesta terça-feira (1) do município de Ipuaçu – a 580 km de Florianópolis (SC) – rumo a Abelardo Luz, onde terão uma sessão com o juiz agrário Rafael Sandi, da 2º Vara Cível do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

A audiência marcada para as 15h discutirá a situação da Fazenda Papuã, ocupada desde o dia 13 de junho pelos Sem Terra. O acampamento, que recebeu o nome de Euclides dos Santos Rodrigues, conta com cerca de 530 famílias de diversas regiões do estado.